News

“Sony é muito rigorosa com a qualidade”, diz dev de PUBG

Playerunknown’s Battlegrounds vem fazendo muito sucesso no PC e no Xbox One. O título da PUBG Corporation não se cansa de bater recordes de...

Playerunknown’s Battlegrounds vem fazendo muito sucesso no PC e no Xbox One. O título da PUBG Corporation não se cansa de bater recordes de vendas e jogadores online simultaneamente. Sem dúvidas, a maior surpresa de 2017.

E é claro que os donos de PS4 também querem participar da festa, mas isso pode levar muito mais tempo. De acordo com Chang Han Kim, CEO da corporação, se surgir uma oportunidade, a empresa lançará sim seu jogo para todas as plataformas, mas que no momento ele continuará sendo exclusivo do Xbox, nos consoles.
Em conversa com Inven Global, o executivo explicou que a Steam e o Xbox One possuem programas de pré-lançamento pouco restritivos, enquanto a Sony é “muito rigorosa” quando se refere a qualidade do jogos. Algo semelhante ao que aconteceu ARK, quando a Sony não permitiu que o jogo fosse lançado sem nível de qualidade ‘aceitável’.
Como o jogo será exclusivo de Xbox One por algum tempo, gostaríamos de nos concentrar em completar o PUBG no Xbox One, por enquanto. Se tivermos a oportunidade, o objetivo seria lança-lo em cada plataforma.
Early Access no Steam e Game Preview no Xbox One são como um pré-lançamento, então eles não têm (tanta) restrição quanto à qualidade. No entanto, a PlayStation é muito rigorosa sobre isso. Houve casos em que um jogo demorou seis meses para o lançamento, mesmo quando já estava concluído. Ainda estamos no estágio de aprendermos mais sobre o ambiente de desenvolvimento para consoles e gostamos de jogadores de consoles. Precisamos pensar em outras plataformas após completarmos a versão de Xbox One primeiro.

Então, até que o jogo esteja concluído no console da Microsoft, ele não será lançado no PlayStation 4. O que pode levar muito mais tempo do que o esperado, já que a PUBG Corporation ainda não tem um cronograma específico para conclusão.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

CyberPunk 2077 custará mais que The Witcher 3

Depois do sucesso estrondoso de The Witcher 3, tanto a nível crítico como financeiro, fãs de todo o mundo estão de olhos postos na CD Proje...

Depois do sucesso estrondoso de The Witcher 3, tanto a nível crítico como financeiro, fãs de todo o mundo estão de olhos postos na CD Projekt RED e ansiosos por mais informações sobre o seu próximo título, CyberPunk 2077.

Ao que parece, a CD Projekt não irá olhar a gastos neste novo projecto. De acordo com uma entrevista do CEO da Projekt RED Adam Kiciński dada a uma publicação polaca, o orçamento para CyberPunk 2077 será maior que que aquele usado na criação de The Witcher 3.
Segundo informações do mesmo, os custos de The Witcher 3 foram para além dos 72 milhões de euros, enfatizando o facto de 20 milhões desse valor dizerem respeito a custos directos da produção sendo que o restante representa custos indirectos. Cyberpunk irá, em princípio, ser um jogo ainda mais caro.










Contudo, a CD Projekt RED acredita que este investimento irá resultar a longo prazo pois, de acordo com o CEO, o título possui um potencial de vendas ainda maior que aquele de The Witcher 3. The Witcher 3 vendeu mais de 6 milhões de cópias por todo o mundo pelo que as expectativas da CDPR para este novo jogo estão bastante altas - mas, desde que mantenha a qualidade de The Witcher 3, não vemos razão para que tal não aconteça.
Será interessante ver o que 2018 e 2019 têm reservado para os jogadores e fãs do estúdio que esperam por CyberPunk, já que rumores correm que 2019 poderá ser a data de lançamento do mesmo.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Produtor de NieR: Automata vai anunciar novo jogo em 2018

Mas diz para não esperarem muito dele. Nesta altura do ano, a meros dias de celebrar a chegada de um novo ano, os criadores olham para o ...

Mas diz para não esperarem muito dele.
Nesta altura do ano, a meros dias de celebrar a chegada de um novo ano, os criadores olham para o que fizeram ao longo dos últimos 12 meses, mas também pensam nos seus desejos para os próximos doze.

O site 4Gamer conversou com vários criadores Japoneses sobre os seus desejos para o próximo ano e entre os diversos criativos da Square Enix, Yosuke Saito esteve presente e falou dos seus planos.
O produtor de NieR: Automata e principal motivador de Yoko Taro, o director de Automata, partilhou que está a trabalhar num novo jogo e que o espera apresentar no próximo ano.
Saito, que trabalhou também em Dragon Quest 11, expressou o desejo de anunciar um novo jogo algures em 2018, no entanto, encoraja os fãs a manterem as suas expectativas baixas.
Parece que Saito aprendeu bem com Yoko Taro a brincar com as suas próprias declarações e a fazer para não ser levado a sério.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Reações a Left Alive deixaram a Square Enix contente

Left Alive é uma das novas propriedades intelectuais da Square Enix, revelada durante o Tokyo Game Show para PC e PlayStation 4, apresentan...

Left Alive é uma das novas propriedades intelectuais da Square Enix, revelada durante o Tokyo Game Show para PC e PlayStation 4, apresentando-se como um jogo que despertou desde logo a atenção dos jogadores.


A Square Enix ficou contente com a reacção dos jogadores a Left Alive e diz que isso serviu como incentivo ao desenvolvimento, mas também como adicional pressão.
Na mesma conversa onde o produtor de NieR: Automata falou sobre os seus desejos para 2018, Toshifumi Nabeshima também falou sobre o que espera do próximo ano e sugere que teremos novidades do seu jogo em breve.










O diretor de Left Alive diz teremos não teremos de esperar muito tempo para recebermos novidades do jogo e diz que as reações ao jogo superaram todas as suas expectativas.
Nabeshima celebrizou-se como director em Armored Core e Front Mission, algo que desde logo despertou a atenção dos fãs para Left Alive.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Michael Pachter diz que Ghost of Tsushima não possui apelo comercial

Ghost of Tsushima , um dos exclusivos PlayStation 4 mais aguardados, é um jogo de acção e aventura em mundo aberto criado pela  Sucker Punc...

Ghost of Tsushima, um dos exclusivos PlayStation 4 mais aguardados, é um jogo de acção e aventura em mundo aberto criado pela Sucker Punch e localizado na época feudal do Japão. Apesar da curiosidade em torno dele, nem todos pensam da mesma forma.
O analista da Wedbush Securities Michael Pachter - falou em exclusivo com o GamingBolt - e partilhou que a quantidade de influência e cultura japonesa inserida no jogo fará com que o mesmo perca um apelo comercial mais abrangente, pelo menos no que diz respeito a vender consoles.


“Eu penso que tudo o que possui aquele sabor japonês não possui um apelo mais global", disse Pachter sobre o jogo.
"São jogos muito bons e possuem excelentes classificações e a audiência mais hardcore adora-os. Mas, para os restantes, são jogos difíceis. Demasiado difíceis para algumas pessoas. Por exemplo, eu joguei Persona 5, um dos jogos mais bem classificados de sempre, e gostei, mas é difícil acreditar que vendeu desta forma. Não é apenas o tipo de jogo que possui apelo das massas, mesmo que seja um dos melhores jogos alguma vez feito e que vença o Jogo do Ano. Mas... a respeito de Tsushima, não me parece que tenha um apelo propriamente abrangente."
Pachter enfatiza que o jogo será provavelmente bom - mas, na sua opinião, poderá não ser o suficiente para conquistar as massas. Ghost of Tsushima será lançado exclusivamente na PS4 algures em 2018.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Microsoft usa design de campanha publicitária amadora

A Microsoft parece ter copiado o conceito de uma  campanha publicitária amadora  de PlayerUnknown's Battlegrounds, usando uma imagem de...

A Microsoft parece ter copiado o conceito de uma campanha publicitária amadora de PlayerUnknown's Battlegrounds, usando uma imagem deveras semelhante a uma criada por um utilizador do Reddit denominado Macsterr.
A imagem original foi partilhada há um mês, mostrando um jogador a correr por um campo em cima de uma consola Xbox One S. O belo design provou ser popular com os utilizadores do Reddit, tornando-se num dos posts mais relevantes do mês com cerca de 115.000 votos. Podes ver a imagem original em baixo.


Todavia, parece que alguém do departamento de Marketing da Microsoft (ou na agência publicitária) visita os fóruns do Reddit uma vez que foi usada na conta oficial de Twitter da Xbox uma imagem (entretanto retirada) extremamente parecida à criação de Macsterr. Podes ver a imagem já a seguir.
PUBG_Xbox_One_Ad
Após a descoberta do uso do seu design pela Microsoft para o anúncio de PUBG, o mesmo apresentou uma declaração partilhando os seus pensamentos: "Não estou a dizer que possuo o copyright da imagem mas ela chegou às 63.000 visualizações", escreveu. "Presumo que a tenham visto mas não me deram nenhum crédito".
Tendo em conta que o post de Macsterr chegou à página principal do Reddit, a Microsoft está agora a ser acusada pelos utilizadores por copiar o design e usá-lo na conta do Twitter da Xbox. "Como se PUBG na consola não fosse triste o suficiente, ainda roubam arte do reddit", diz um utilizador. "Quando a Microsoft /Xbox rouba o conceito de um amador e não dá créditos", escreveu outro.
Achas que estas acusações têm fundamento?

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Platinum Games interessada em publicar os seus próprios jogos

Numa entrevista recente com a Game Informer,  Atsushi Inaba  - o chefe de produção e produtor da  Platinum Games  - discutiu sobre vários a...

Numa entrevista recente com a Game Informer, Atsushi Inaba - o chefe de produção e produtor da Platinum Games - discutiu sobre vários assuntos a respeito da sua companhia e da história da Platinum Games. Apesar da entrevista ter coberto vários assuntos, um deles destacou-se sobre os restantes: para além de criarem as suas próprias IP, a Platinum Games pretende também publicar os seus títulos.
Na entrevista, Inaba explicou que a Platinum tem trabalhado em IPs originais para outras editoras mas que isto é algo que gostariam de mudar no futuro. "Uma das coisas em que a Platinum está focada é em criar as suas próprias IPs, os seus próprios jogos... mas estamos cada vez mais interessados na ideia de publicarmos nós mesmos os nossos títulos".

Numa seção posterior da entrevista, foi perguntado a Inaba se a possibilidade de auto-publicar os seus jogos não iria afetar a forma como a Platinum irá, futuramente, interagir com as editoras. O chefe de produção assegurou que continuarão a fazer título AAA para outras editoras uma vez que não podem correr o risco de apenas publicarem os seus próprios jogos.
"Em primeiro lugar, continuaremos a criar jogos AAA para outras editoras, porque, novamente, não temos o fluxo financeiro para arriscarmos fazer apenas jogos que publicamos nós mesmos.. De maneira a criares um jogo AAA com essa quantidade de risco, precisas de ter uma grande companhia por trás; por outras palavras, uma editora".
Será esta uma boa jogada por parte da Platinum Games?

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Nintendo volta a ter site PT-BR e reacende esperança de voltar ao Brasil

Surpreendendo todo mundo, a Nintendo voltou a ter um  site brasileiro , com tudo em PT-BR. A própria região, que pode ser alterada no topo ...

Surpreendendo todo mundo, a Nintendo voltou a ter um site brasileiro, com tudo em PT-BR. A própria região, que pode ser alterada no topo do site, lista o Brasil ao lado do México. Portanto, nada de ser um site generalizado para a América Latina. Mas o que isso quer dizer?

Depois de sair do país oficialmente em 2015, a Big N deixou muitos órfãos por aqui (basta lembrar que jogos de Wii U lacrados custavam R$ 179 e passaram a custar bem mais que R$ 250 no mercado cinza) e, desde então, fica apenas na promessa de voltar. Com o sucesso absoluto do Nintendo Switch em 2017, esse site em português pode ser o teaser do retorno da marca.
Nintendo
Por enquanto, a página não tem nada que interesse o consumidor, trazendo apenas a mensagem: "Obrigado por visitar a Nintendo Brasil! Que bom ter você por aqui!". O site reforça a loja eShop brasileira do 3DS e traz links para o My Nintendo (sistema de recompensas de compras) e o Play Nintendo (uma página de notícias e atividades interativas) americanos.
É incerto dizer que o site existe para preparar terreno para a volta da empresa, mas também é difícil pensar em outro motivo para ter uma página da Nintendo em português especialmente ao Brasil (vale lembrar que não há suporte oficial por aqui). Portanto, teremos que aguardar os próximos capítulos dessa história.

1 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Koei Tecmo quer ver NiOh crescer

Lançado em Fevereiro de 2017 na PlayStation 4 e em Novembro no PC, NiOh é uma das mais recentes propriedades intelectuais da Koei Tecmo e t...

Lançado em Fevereiro de 2017 na PlayStation 4 e em Novembro no PC, NiOh é uma das mais recentes propriedades intelectuais da Koei Tecmo e tudo indica que crescerá para se tornar numa série.

Numa entrevista com a Dengeki PlayStation, tal como Kojima, Yosuke Hayashi da Team Ninja expressou os seus desejos para 2018, partilhando aquilo que quer para os próximos meses.
"Quero que NiOh cresça ainda mais. Estejam atentos ao futuro, por favor," disse Hayashi.
O líder da Team Ninja, o principal estúdio da Koei Tecmo que desenvolveu NiOh e conhecido pelas séries Ninja Gaiden e Dead or Alive, deseja manter NiOh vivo e os fãs certamente agradecem.
A combinação do gameplay de Ninja Gaiden com mecânicas celebrizadas pela série Dark Souls tornaram o jogo altamente popular entre os fãs da primeira série e agora ficamos com uma grande esperança para NiOh 2.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Hideo Kojima promete surpreender-te em 2018

A Dengeki PlayStation entrevistou alguns criadores Japoneses que estão a trabalhar em jogos para plataformas PlayStation e um deles foi o a...

A Dengeki PlayStation entrevistou alguns criadores Japoneses que estão a trabalhar em jogos para plataformas PlayStation e um deles foi o aclamado Hideo Kojima.

A revista Japonesa perguntou a estes criadores quais os seus principais votos para 2018 e Kojima confessou que, ao contrário do que as pessoas acreditam, o desenvolvimento de Death Stranding está a correr muito rapidamente.
"O desenvolvimento de Death Stranding está a correr tão bem que a SIE nos disse, 'Nunca antes vimos um jogo ser criado num ritmo tão rápido'," disse Kojima à Dengeki.










Kojima diz que o desenvolvimento está a correr tão bem que a Kojima Productions poderá ficar numa posição que lhes permita revelar mais de Death Stranding de uma forma surpreendente.
"Estamos a planear um anúncio que vai surpreender ainda mais em 2018."
Death Stranding está a ser desenvolvido para a PlayStation 4 e ainda não recebeu uma data de lançamento.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Microsoft ainda está procurando o último ganhador do Xbox One X, foi você?

A Microsoft lançou uma promoção muito bacana para dar três consoles Xbox One X. O  Windows Club  divulgou isso na semana passada e virou um...

A Microsoft lançou uma promoção muito bacana para dar três consoles Xbox One X. O Windows Club divulgou isso na semana passada e virou uma febre, uma corrida com a sorte para ganhar o console mais poderoso do mundo.

Ocorre que, o vencedor foi sorteado no dia 22 de Dezembro, e a Microsoft enviou um e-mail para que ele resgatasse o console com prazo de 72 horas. Contudo, até o presente momento, o vencedor não foi anunciado. Logo, alguém tá com um Xbox One X na mão e não está sabendo.
Vale notar, a promoção tinha mais de 14 mil participantes quando o Windows Club divulgou, e fechou em mais de 30 mil participantes ao final do dia. A chance de ter mais brasileiros na última rodada é muito alta!
Bem, corra para a sua caixa de e-mail e verifique seu e-mail. Se o vencedor não pegar  o Xbox One X, a Microsoft poderá fazer um outro sorteio, vamos aguardar.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Sony oferece a expansão Frozen Wilds a alguns jogadores

A Sony decidiu dar uma prenda especial de Natal a alguns fãs de Horizon Zero Dawn que ainda não jogaram a expansão que a Guerrilla Game...


A Sony decidiu dar uma prenda especial de Natal a alguns fãs de Horizon Zero Dawn que ainda não jogaram a expansão que a Guerrilla Games preparou para o seu jogo.
1
Segundo relatos de vários jogadores, a Sony está a enviar uma mensagem para quem jogou a aventura de Aloy, com um código para o DLC.
Sem qualquer custo, os jogadores que jogaram Horizon Zero Dawn, mas ainda não entraram na nova expansão, podem desta forma jogar os novos conteúdos e passar o Natal com Aloy.
A expansão foi lançada em Novembro e dá-te acesso a uma nova área, com várias missões. De momento, não sabemos se a oferta está disponível em todo o mundo e qual o método de selecção da Sony.
Recebeste um código promocional?

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

God of War terá cenas de violência intensa

Não tinhas qualquer dúvida quanto a isto, mas a ESRB, organização que classifica por idades os videojogos para a América do Norte, classifi...

Não tinhas qualquer dúvida quanto a isto, mas a ESRB, organização que classifica por idades os videojogos para a América do Norte, classificou God of War para maiores de 17 anos e descreve cenas de extrema violência.
1
Esta notícia contém spoilers para God of War.
Segundo a descrição da ESRB, em God of War Kratos e o seu filho vão explorar uma paisagem selvagem Nórdica, onde vão enfrentar diversos tipos de inimigos.
Entre os inimigos estarão outros deuses, semi-deuses, monstros dragões e guerreiros esqueleto. Como seria de esperar, os combates serão sangrentos e alguns inimigos serão atacados de forma violenta por Kratos.
A ESRB confirma que ao bom estilo da série God of War, no novo jogo para a PlayStation 4 vais enfrentar inimigos e bosses de maior porte, que são despachados em cenas violência ainda mais intensa.

Kratos vai enfrentar um dragão e golpeará repetidamente a sua língua, enquanto um ogre ficará sem queixos graças a um ataque altamente violento.
Quem joga God of War já espera encontrar cenas intensas, mas a ESRB descreve um momento em que Kratos decapita um inimigo e carrega a sua cabeça.
God of War ainda não recebeu data, mas os rumores apontam para o dia 23 de Março. Esta classificação da ESRB sugere que o lançamento poderá estar mesmo para breve.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

PUBG vende perto de 4 milhões na Xbox One?

Se Overwatch foi o fenômeno de 2016, em 2017 esse lugar pertence a Playerunknown's Battlegrounds, o jogo de Brendan Greene que veio mex...

Se Overwatch foi o fenômeno de 2016, em 2017 esse lugar pertence a Playerunknown's Battlegrounds, o jogo de Brendan Greene que veio mexer com a indústria e trazer a febre dos battle royale.

Lançado no início do ano no Steam em formato de Acesso Antecipado, PUBG chegou no dia 12 de Dezembro à Xbox One, através do Xbox Game Preview Program, onde já está a fazer sucesso.
Se no Steam se tornou num dos mais populares jogos do ano, com perto de 3 milhões de jogadores em simultâneo, PUBG parece pronto para alcançar uma prestação igualmente fascinante no console da Microsoft.
A Bluehole Inc., editora do jogo, confirmou oficialmente que já foram vendidas mais de 30 milhões de unidades do seu jogo, o que sugere perto de 4 milhões de unidades no Xbox One.
Segundo dados do SteamSpy, a versão PC está perto dos 26 milhões de unidades, o que sugere que o Xbox One já é responsável por mais de 4 milhões de unidades vendidas de PUBG.
A BlueHole não confirmou quantas unidades foram vendidas em cada plataforma, mas o jogo parece ter deixado os jogadores Xbox One totalmente entusiasmados.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

DIRETOR DA DIVISÃO XBOX NO BRASIL DEIXA O CARGO

Willen Puccinelli  não estará mais na direção da divisão Xbox no Brasil a partir de 2018. Ele anunciou sua saída do cargo nesta sexta-f...


Willen Puccinelli não estará mais na direção da divisão Xbox no Brasil a partir de 2018. Ele anunciou sua saída do cargo nesta sexta-feira (22), por meio de um post no Twitter endereçado à "Família Xbox", referindo-se à comunidade de fãs da plataforma de jogos da Microsoft.
Depois de vários anos na liderança de Xbox no Brasil, é com o coração apertado que queria informar a vocês, da Família Xbox, que seguirei novos rumos na minha carreira a partir de 2018. Agradeço o carinho de toda a Comunidade. Aprendi muito com vocês!


IGN Brasil apurou que o executivo deverá se focar em projetos profissionais fora do mercado de games. A Microsoft ainda não anunciou formalmente um substituto para o cargo de "diretor sênior de marketing e vendas de Xbox para o Brasil e a América Latina", que era ocupado por Puccinelli desde outubro de 2013.



Enquanto esteve na função, Puccinelli coordenou as fabricações dos consoles Xbox 360 e Xbox One em território nacional, assim como os recentes lançamentos do Xbox One S e o Xbox One X no país. "O cara que está na loja à meia-noite para comprar um game não está fazendo isso porque é um consumidor -- é porque é fã. Ajudar a entregar esse sonho é incrível, é gratificante. Vendemos não só produtos, mas sonhos", ele declarou ao IGN Brasil em 2015.




IGN Brasil agradece Willen Puccinelli pelos serviços prestados ao mercado nacional de games e deseja sucesso em suas futuras empreitadas profissionais.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Rumor: Jogo da Playground será exclusivo e teremos o retorno de um IP da Microsoft

O que já foi rumor um dia, hoje já é um fato: a  Playground Games vai lançar um jogo “AAA”,  além da aclamada série Forza Horizon. Contud...

O que já foi rumor um dia, hoje já é um fato: a Playground Games vai lançar um jogo “AAA”, além da aclamada série Forza Horizon. Contudo, ainda existem muitas questões sobre tal título que gostaríamos foram abordadas neste novo rumor.
Para recapitular o assunto, vamos resumir um pouco os vazamentos e confirmações anteriores:
Microsoft está buscando funcionários para um “Título AAA Nextgen”. A vaga de emprego diz que o estilo é semelhante ao Horizon Zero Dawn da Sony. Isso poderia estar se referindo ao estilo do jogo, ao estilo da arte (a publicação é para um Artista de Meio Ambiente) ou as duas coisas juntas.
O recrutamento estava sendo feito através pelo G3D. Um dos seus clientes é Playground Games

[Estúdio do Forza Horizon].


Um site italiano chamado multiplayer.it informou sobre o boato no dia 20 de junho deste ano.
O rumor diz que suas fontes o disseram que a Playground que está trabalhando no jogo mencionado na vaga de emprego da Microsoft.

O artigo diz que o recrutamento do pessoal começaria neste inverno[verão no Brasil]. Olhando o site da Playground’s vimos várias novas postagens de emprego de outubro a dezembro.

O artigo também menciona que a Playground que abriria para o segundo estúdio. Isso foi oficialmente confirmado no dia 21 de novembro.

Por fim, o artigo afirma que a Microsoft não estava feliz com as notícias vazadas, já que o projeto deveria permanecer um segredo por algum tempo. Ao verificar a página Linkedin que buscava a vaga de emprego, parece que a vaga inicial foi retirada. Não temos certeza se isso significa que foi já encontraram a pessoa que buscavam ou se a Microsoft apenas removeu por conta dos boatos.
Agora, ThatGuyJangle, conhecido por emanar informações confiáveis e Insider do Resetera, afirmou que tal jogo será um exclusivo da Microsoft, ou seja para dispositivos com Windows 10, e isso se incluí obviamente o Xbox One. Além disso, não deverá ser um novo IP, mas o retorno de uma franquia da própria Microsoft.
Vale lembrar,  a Playground Games é um estúdio fortíssimo e que está entre os melhores do mundo.
Qual seria? O dados foram lançados.
Via: Reddit

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Nintendo Switch muito perto de 3 milhões de unidades no Japão

A história de sucesso do Nintendo Switch continua. Depois de sabermos que a console já ultrapassou 10 milhões de unidades vendidas globalme...

A história de sucesso do Nintendo Switch continua. Depois de sabermos que a console já ultrapassou 10 milhões de unidades vendidas globalmente, a revista Famitsu adiantou que está muito perto dos 3 milhões de unidades no Japão.



Neste momento, o Nintendo Switch está com 2,988,399 unidades vendidos no Japão, portanto, faltam menos de 12,000 unidades para o console quebrar a barreira dos 3 milhões, o que deverá acontecer já esta semana.

O sucesso do Nintendo Switch torna-se mais sonante se compararmos os resultados obtidos até agora com outros consoles. Por exemplo, o Wii U tem 3.3 milhões de unidades vendidas no Japão. A PlayStation 4 está neste momento com 5.7 milhões de unidades.


No entanto, a comparação mais justa, visto que a Switch tem o fator da portabilidade, algo que sempre teve vantagem no mercado japonês, é com a Nintendo 3DS. A 26 de Dezembro de 2011, cerca de 10 meses após o lançamento no Japão (chegou em Fevereiro), a Nintendo 3DS contava com mais de 4 milhões de unidades vendidas no Japão.

Na semana passada, a Nintendo Switch vendeu 230,000 unidades numa semana. Se continuar a vender a este ritmo, chegará à barreira dos 4 milhões em breve.

A revista Famitsu também revelou que Super Mario Odyssey já ultrapassou 1 milhão de unidades vendidas no Japão (1,055,806 no total), um número que não inclui os downloads da eShop.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

O PS4 representa metade dos jogos físicos vendidos no Reino Unido

O ano de 2017 será facilmente lembrado como um dos melhores anos na indústria dos videojogos e para a Sony ficará na memória como um ano em...

O ano de 2017 será facilmente lembrado como um dos melhores anos na indústria dos videojogos e para a Sony ficará na memória como um ano em que a sua consola conseguiu bater um recorde para a indústria no Reino Unido.



Segundo avançado pelo GamesIndustry.biz, dados apresentados pela UKIE e a Gfk Chart-Track revelam que o PlayStation 4 representa 50.2% de todos os jogos físicos que foram vendidos no Reino Unido durante o atual ano.

Este é o primeiro ano em que mais de 50% dos jogos físicos vendidos no Reino Unido pertencem a uma só plataforma, um recorde que até agora pertencia ao PlayStation original, que foi responsável por 47.9% dos jogos vendidos em 1998.

A lista completa será revelada no final da semana, mas o GI.biz avança já que o PlayStation 4 conseguiu o primeiro lugar com o console para a qual mais jogos são vendidos no Reino Unido.

Além desse feito, o console da Sony é ainda o console cujos exclusivos passaram mais tempo em primeiro lugar no Reino Unido, especialmente Crash Bandicoot N.Sane Trilogy da Activision, que passou 7 semanas no topo da tabela.

Horizon Zero Dawn, Persona 5 (PS3 e PS4), WipeOut: Omega Collection, Uncharted: The Lost Legacy, Final Fantasy 12: The Zodiac Age e Gran Turismo: Sport chegaram ao primeiro lugar.

O PlayStation 4 viu exclusivos seus em primeiro lugar em 15 semanas diferentes, algo que não era feito desde 2009 pela Nintendo (que conseguiu 16 semanas em primeiro).

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Michael Pachter fala do futuro das micro-transações

Michael Pachter, o controverso analista na Wedbush Morgan, apresentou o seu mais recente episódio do programa Pachter Factor onde respondeu...

Michael Pachter, o controverso analista na Wedbush Morgan, apresentou o seu mais recente episódio do programa Pachter Factor onde respondeu a perguntas dos fãs sobre diversos temas.

Uma das questões fala das editoras como a Take-Two e Ubisoft que estão a ganhar mais dinheiro com as micro-transações, conteúdos adicionais, expansões e Passes de Temporada, do que com a venda do jogo em si.
Questionado se isto representa uma prova incontestável que estamos num ponto de viragem na indústria e que as editoras vão apostar ainda mais nas micro-transacções, Pachter responde que não existem dúvidas: não há mais volta a dar e as receitas digitais adicionais são agora a maior fonte de rendimento para as grandes editoras.
 Publicidade 










No entanto, Pachter acredita que o problema poderá estar no preço dos videojogos, ou no modelo de negócio atual, e que o modelo free-to-play poderá ser o mais indicado.
"Se olhares para jogos como Clash of Clans no mobile, League of Legends e World of Tanks para PC, são jogos gratuitos e fazem literalmente mil milhões de dólares por ano em micro-transações. Nos gratuitos, existe muito dinheiro para ganhar com as micro-transações."


Pachter diz que seria muito difícil uma editora como a Take-Two, Activision ou a EA tornar jogos como Grand Theft Auto ou FIFA gratuitos, pois estariam a abdicar de milhares de milhões que ganham ao vender os jogos."O problema é que se desenvolves um jogo como FIFA ou Call of Duty, a Activision e a EA são acusadas de ganhar milhares de milhões de dólares a vender jogos a 60 dólares e depois tentam ganhar mais dinheiro com as micro-transações."

No futuro, a solução poderá passar por criar jogos singleplayer no modelo de negócio actual, com a componente multiplayer disponível em separado e gratuita. Quem comprar o jogo pelo singleplayer teria acesso com benefícios ao multiplayer, mas essa vertente estaria disponível na mesma à parte, apoiado por micro-transacções.
Para Pachter, as micro-transações encontram um bom exemplo em Overwatch, onde são opcionais e ninguém é forçado a investir.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

GAMES PRODUZIDOS NO BRASIL PODEM TER IMUNIDADE TRIBUTÁRIA

De acordo com o  Senado Federal , os games e consoles produzidos no Brasil poderão ter imunidade tributária, reduzindo drasticamente o valo...

De acordo com o Senado Federal, os games e consoles produzidos no Brasil poderão ter imunidade tributária, reduzindo drasticamente o valor dos games no país. A proposta legislativa original, elaborada por Kenji Amaral Kikuchi, implicava que os impostos aplicados aos videogames fossem reduzidos de 72% para 9%.

O senador Telmário Mota aderiu à sugestão, adaptando-a de forma que recebesse imunidade tributária por meio de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional), caso produzidos em solo nacional. Para que a PEC possa tramitar no Senado, a proposta ainda precisa da assinatura de 27 senadores.
 

Uma das comparações utilizadas por Mota para justificar a PEC é a Emenda Constitucional 75 (2013), que concede imunidade de impostos aos fonogramas e videofonogramas musicais (CDs e DVDs) produzidos no país, que contêm obras musicais ou literário-musicais de autores brasileiros.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Xbox ganha retrospectiva do ano dos jogadores

Microsoft decidiu celebrar o final de 2017 no Xbox com uma retrospectiva do ano dos jogadores da plataforma. Acessando o site oficial do c...

Microsoft decidiu celebrar o final de 2017 no Xbox com uma retrospectiva do ano dos jogadores da plataforma. Acessando o site oficial do console no seu navegador de internet e logando-se com sua conta, é possível conferir um resumo do seu desempenho em 2017, com número de conquistas desbloqueadas, jogos favoritos e diversas informações interessantes.


Para conferir o seu resumo do ano, clique aqui. Bem no centro da tela, junto da gamerpic, estão os pontos de gamerscore obtidos entre os dias 1 de janeiro de 2017 até 31 de de outrubro do mesmo ano. Do lado esquerdo, é possível conferir o top 5 dos games mais jogados por você durante todo o ano.

Na parte inferior da tela, o seu desempenho de 2017 será comparado com a comunidade de jogadores de sua região. Colocação no ranking de gamescore, conquistas obtidas, tempo total de jogo são calculados. Ainda dá para ver quantas horas você passou no Xbox durante o ano.



Clicando nos pequenos logos de redes sociais, ainda é possível compartilhar o seu resumo no Facebook e Twitter, para tornar os seus feitos visíveis para os seus amigos.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...