News

Recent Posts

Microsoft admite que cometeu falhas na gestão da Lionhead Studios

  A Microsoft admitiu que encerrar a Lionhead Studios foi uma das suas maiores falhas. Através do IGN, na sexta parte de "Power On: The...

 A Microsoft admitiu que encerrar a Lionhead Studios foi uma das suas maiores falhas.

Através do IGN, na sexta parte de "Power On: The Story of Xbox", documentário sobre os melhores e piores momentos da marca Xbox, várias figuras de relevo falaram sobre a compra e eventual encerramento de um dos maiores estúdios do Reino Unido.


A Lionhead foi fundada em 1997 por Peter Molyneux, Mark Webley, Tim Rance e Steve Jackson, em 2006 foi comprada pela Xbox e em 2016 foi encerrada, como provavelmente ainda recordas. O objetivo principal da Lionhead era não cometer o erro cometido na Bullfrog, anterior companhia de Molyneux, que ficou demasiado grande e sem foco.

Shanon Loftis, gestora geral do lançamento global de videojogos na Xbox na altura em que a Lionhead foi encerrada, comentou que "uma das maiores falhas com as quais aprendemos no passado foi a Lionhead."

"Quem me dera que a Lionhead ainda fosse um estúdio viável."

"Compramos a Lionhead em 2006 e foi encerrada em 2016," disse Sarah Bond, responsável pelas experiências dos criadores de jogos e ecossistema na Xbox. "Uma par de anos mais tarde refletimos sobre essa experiência. O que aprendemos e como não cometer os mesmos erros?"

Phil Spencer acrescentou que "compras um estúdio pelo que são atualmente e o nosso trabalho é ajudá-los a acelerar como fazem o que fazem, não acelerar o que fazem."

Fable, um dos maiores nomes quando pensas em Lionhead, foi ressuscitado e terá um reboot na Xbox Series e PC, pelas mãos da Playground Games, prestigiado estúdio reconhecido mundialmente por Forza Horizon.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...