News

Suposto Xbox NeXt pode ser destruidor e ofuscar o PS4K, segundo fonte

Está aberta a temporada de rumores, vazamentos e conspirações sobre as novidades que a indústria está para receber com a chegada da E3 20...

Está aberta a temporada de rumores, vazamentos e conspirações sobre as novidades que a indústria está para receber com a chegada da E3 2016, o maior evento de games do mundo. A possível aparição de versões melhoradas dos dois principais consoles da atual geração, PS4 e Xbox One, é a aposta mais alta. Agora, uma nova fonte, cuja veracidade requer cuidado, diz que o suposto Xbox NeXt, codinome do novo hardware da Microsoft, vai ser um produto de altíssima configuração, e não uma mera atualização.

A informação vem de um insider da Itália, de acordo com o site TweakTown. Segundo a fonte, a Microsoft estaria preparando um verdadeiro salto à próxima geração com um console muitíssimo mais robusto do que o Xbox One. O hardware seria “extremamente poderoso” e iria ofuscar o ainda não anunciado PlayStation 4 Neo, também conhecido como PS4K. O aparelho da Microsoft teria cinco ou seis vezes mais performance do que o sistema da Sony.

Anúncio pode não ocorrer na E3

As palavras da fonte italiana, em tradução feita para o inglês (portanto, com margem de erro), revela informações à vontade. “Tive acesso a alguns slides da Microsoft e da AMD sobre o novo Xbox. É um novo modelo, não uma revisitação do antigo. Eles devem anunciar este ano num evento separado da E3 2016. (...) O anúncio será feito este ano, mas o lançamento do Xbox NeXt é esperado para a próxima primavera [norte-americana, primeiro semestre de 2017]. [O console] Será aberto para mudança de hardware, não entendi se via upgrade (...). Já será extremamente poderoso no começo, acho que 5-6 vezes mais que o PS4 Neo, estamos falando em 10 TFLOPS ou algo assim”, escreveu a fonte.

A tendência é que o controle Elite seja padrão em todos os futuros consoles Xbox

“Posso garantir que o novo Xbox One está em pré-produção, a AMD assinou três novos acordos para este ano e um ano passado. (...) Há quatro acordos, três apenas para 2016”, revelou a fonte, sugerindo que modelos diferentes do novo Xbox podem circular no mercado e que o console seja uma plataforma atualizável, algo com que Phil Spencer, chefão da divisão Xbox, já disse ter simpatia.
Desnecessário dizer que todas essas informações devem ser encaradas com extremo rigor de desconfiança, visto que não há qualquer informação oficial a respeito, seja do lado da Sony ou da Microsoft, e que o assunto está em alta, ou seja, qualquer pronunciamento pode ser sensível. Aguardemos.

Um comentário:

  1. Ok e quanto à nós meros consumidores que detemos um PS4 e/ou Xbox One(obsoletos)? É a primeira vez que vejo em uma geração de consoles haver uma "atualização de hardware". Há meu ver seria muito mais lucrativo estas empresas se preocuparem no desenvolvimento do PS"5" e Xbox "Two" do que atualizarem o hardware dos atuais consoles, isto apenas iré enfurecer os atuais donos dos aparelhos sabendo que os novos modelos serão mais potentes e possivelmente terão games exclusivos para seu hardware, no momento ambas prometem games compativeis mas duvido que isto continue assim pois quando se fala em tecnologia, o desenvolvimento de games em sistemas mais sofisticados faz toda a diferença e quero ver como a Sony e M$ irão lidar com isso pois eu não pretendo comprar um PS4 "Neo" ou ver o meu atual PS4 rodando games com qualidade inferior aos do novo modelo. Isso é ridículo, caso a Sony e M$ queiram atualizar o hardware lançam uma linha Desktop PC PS4/Xbox One e ja digo que esta idéia esdrúxula jamais resultará frutos pois é possivel montar um PC muito mais poderoso que ambos os consoles, óbvio que o valor de um Desktop top pra gamer é extremamente caro algo acima dos R$6000,00 porém o investimento até vale a pena pois é possivel customizar o hardware para prolongar a vida util do PC enquanto os consoles tem um tempo de vida util limitado, então essa idéia e pretenção da Sony e M$ pode ser mais um "tiro no pé" do que uma grande estratégia de mercado.

    ResponderExcluir

Nos deixe saber sua opinião...