News

De acordo com uma recente descoberta, a Nintendo NX, a próxima consola da Nintendo, poderá utilizar...

De acordo com uma recente descoberta, a Nintendo NX, a próxima consola da Nintendo, poderá utilizar cartuchos ao invés de discos.



Apesar de ter anunciado que a sua próximo console seria lançado em todo o mundo em Março de 2017, a Nintendo não revelou praticamente nada sobre o Nintendo NX, nome de código do console, mas de acordo com o registo feito para The Legend of Zelda: Breath of the Wild na América do Norte, o console poderá utilizar cartuchos.

Nenhum outro jogo Nintendo Wii U refere o uso de cartuchos a não ser que também exista uma versão Nintendo 3DS, mas esse não é o caso deste novo Zelda: Breath of the Wild, sugerindo mesmo que a Nintendo está a preparar uma surpresa.

Para reforçar ainda mais esta possibilidade, não confirmada oficialmente e de momento apenas um rumor, a Macronix, companhia que fornece à Nintendo os seus chips ROM, revelou que espera um período de crescimento perto do lançamento da Nintendo NX, e está neste momento a testar uma linha mais recente de chips ROM.

A Nintendo NX não esteve presente na E3 2016 e a Nintendo disse que na sua devida altura apresentará as novidades oficiais. Anteriores rumores indicaram que a produção em série começaria em Agosto.

Desde que o novo God of War foi anunciado durante a conferência da Sony na E3 2016, que deu par...



Desde que o novo God of War foi anunciado durante a conferência da Sony na E3 2016, que deu para perceber que Kratos iriam enfrentar uma série de mudanças. Começando logo por um novo enquadramento, onde o deus da guerra agora irá defrontar os deuses e monstros da mitologia nórdica mas também pelo facto de Kratos contar agora com o seu filho que está a aprender a lutar. Como se isso não bastasse o jogo contará também com novas mecânicas na jogabilidade.

E foi sobre essas mecânicas que Jeet Shroff, engenheiro da gameplay, falou ao GamesRadar, explicando que Kratos trocou as suas longas e fiéis lâminas, algo que já era a imagem de marca da série, por um novo machado que os jogadores irão controlar usando os botões "trigger" do comando da PlayStation 4.

Haverá algumas abordagens diferentes durante os combates com os inimigos. Os jogadores poderão usar ou lançar o seu machado contra o inimigo, ou até poderão usar os punhos de Kratos. Jeet Shroff preferiu não comentar sobre as runas mágicas que estão incorporadas no machado de Kratos, no entanto parece que os jogadores poderão usar uma grande variedade de runas infligir dano contra os seus opositores.

Foi também revelado que o filho de Kratos irá ajudar os jogadores. Em combate, os jogadores poderão pressionar num botão que fará com que a criança ajude nos combates contra os inimigos. Tanto Kratos como o seu filho irão ganhar novas habilidades no decorrer da aventura.


Depois de Pachter ter elogiado a postura da Microsoft, depois de Yasunori Matsuda da Square Enix te...

Depois de Pachter ter elogiado a postura da Microsoft, depois de Yasunori Matsuda da Square Enix ter revelado o seu interesse nos novos consoles da Microsoft, e depois do CD Projekt RED ter comentado a Xbox Scorpio, foi a vez de Aaron Greenberg, responsável pelo departamento de marketing no Xbox, falar sobre o novo console da Microsoft e como esta ser o mais poderoso feito.

Numa entrevista com a Gamertag Radio, Aaron Greenberg falou sobre o poder nas especificações do Xbox Project Scorpio e sobre como a Microsoft espera cumprir a promessa de apresentar o console mais poderoso de sempre mesmo no final de 2017.

"Bem, a ideia foi, como levamos os videojogos a 4K para o mercado dos consoles? E para fazer isso, hoje no PC, se investires num equipamento super poderoso, ou mesmo num PC de topo, podes jogar a 4K, certo? Mas custa centenas de dólares. Até podes ter uma experiência VR de alta fidelidade. Mas não podes ter isso no mercado de consoles. Para fazer isso, sabemos que são precisos 6 teraFLOPS de poder, é para isso que nos metemos no Project Scorpio," disse Greenberg.

"Vamos construir uma caixa, vamos construir uma caixa monstruosa, que terá 6TFLOPS de poder, que será capaz de oferecer jogos em verdadeiro 4K e ser capaz de VR de alta fidelidade, na sala de estar, num console."

Greenberg disse ainda que o programa Xbox Anywhere permitirá um ecossistema reforçado entre console e PC, confessando estar altamente entusiasmado com essa visão.

"Penso que é fantástico sermos capazes de dizer aos fãs que, 'hey, se queres uma versão melhor do Xbox One, e se queres vídeo 4K e HDR, num tamanho mais pequeno, temos uma caixa muito boa para ti este Natal. Mas se queres o monstro, se queres o monstro de 6TFLOPS que chega no próximo Natal, também temos isso. E é fantástico poder partilhar isso, não só com os nossos fãs mas também com os nossos parceiros de desenvolvimento, que vão pensar sobre 'como posso dar vida a essas experiências fantásticas na consola que chega no próximo Natal?'"

Hideki Kamiya revelou que Scalebound, um título que está a desenvolver em exclusivo para Xbox One e...

Hideki Kamiya revelou que Scalebound, um título que está a desenvolver em exclusivo para Xbox One e Windows 10, é pura e simplesmente o maior título da sua carreira.



Com um currículo onde consta Resident Evil 2, Okami, Bayonetta e outros, a afirmação de Kamiya revela não só a confiança que tem no seu novo trabalho como atesta a ambição deste Scalebound.

"Colocando a implementação técnica de lado, a experiência que queremos dar aos jogadores é a capacidade de explorar ininterruptamente um mundo enorme e irem para onde quiserem. Vocês viram o quão grande era o nosso boss. E os dragões não são pequenos!"

Kamiya explica que o tamanho do mundo e destas criaturas, que não vivem em casas de Hobbit segundo diz, obrigam a locais enormes e um mundo de grande escala. Para o criador Japonês, este é o jogo que o Platinum Games há muito queria fazer.

"Penso que é uma combinação de tecnologia em avanço e o avanço das nossas capacidades enquanto programadores. E também o encontrar uma editora que queira apostar em algo tão grande quanto Scalebound," disse Kamiya a respeito da confiança que a Microsoft depositou no Platinum Games.

Segundo Kamiya, a Microsoft tornou possível a concretização deste projeto e nós só podemos agradecer.


Shuhei Yoshida, presidente dos Sony Interactive Entertainment Worldwide Studios, confessou que o an...

Shuhei Yoshida, presidente dos Sony Interactive Entertainment Worldwide Studios, confessou que o anúncio do Xbox Project Scorpio é muito interessante e entusiasmante para a indústria.

Enquanto a Sony preferiu confirmar mas nada comentar sobre o seu PlayStation 4 Neo, a Microsoft confirmou os rumores e apresentou o Xbox Project Scorpio em plena E3 2016, e Shuhei Yoshida ficou intrigado com aquele que é referido como o console mais poderoso feito.

"Sim, sim. Fiquei bastante surpreso porque não esperava que eles fossem falar dele. É muito, muito mesmo muito interessante ouvir sobre o que eles estão a fazer," disse Yoshida sobre os planos da Microsoft para a seu próximo e poderoso console.

Agora, as atenções centram-se na Sony para que fale em detalhe sobre os seus planos para a versão mais poderoso do PlayStation 4 e a grande questão está relacionada com a sua ausência da E3 2016.

Yoshida explicou que, "Não falamos do nosso novo PS4 mais poderoso no qual estamos a trabalhar. Quando tivermos informação e preparação suficiente, iremos falar sobre ele."

Será na Gamescom ou num evento próprio que a Sony vai revelar tudo sobre seu novo e mais poderoso PlayStation 4? Os rumores indicam que chega em 2016 por isso ficamos a aguardar.

Shuhei Yoshida, presidente dos Sony Interactive Entertainment Worldwide Studios, falou recentemen...

Shuhei Yoshida, presidente dos Sony Interactive Entertainment Worldwide Studios, falou recentemente em entrevista sobre a PlayStation 4 Neo e explicou que a consola mais poderosa não vai encurtar o ciclo de vida da PlayStation 4 original, pois será na mesma uma PS4.

Em declarações ao Gameswelt, que podem ver no vídeo em baixo a partir dos 6 minutos, Yoshida é questionado sobre se o habitual ciclo de geração de consolas poderá estar a terminar em prol de um período mais curto.

"A PlayStation 4 é a PS4. Uma nova PS4 mais poderosa é na mesma uma PS4, por isso o ciclo de vida não será mais curto," respondeu Yoshida sobre a chegada da PlayStation 4 Neo.

A Sony continua a afirmar que os dois consoles vão coexistir e que apesar dos estúdios serem obrigados a implementar melhorias gráficas e na performance dos jogos, o jogo terá que ser o mesmo e correr nas duas.


Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, falou sobre as mudanças feitas ao produto final e expli...

Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, falou sobre as mudanças feitas ao produto final e explicou porque é que removeram a épica invasão de Niflheim que era jogável e estava presente no trailer E3 2013 do jogo.

Tabata explicou que quando se sentaram para preparar o projeto Final Fantasy XV, começaram por pensar nos elementos que precisavam e tinham que usar para fazer da experiência algo único. Tornou-se numa conversa série sobre o que manter e o que deitar fora tendo em conta diversos factores, como o tempo de desenvolvimento.

"Sentimos que o tema que estamos a apresentar com esta história é um conto de tal forma épico que não conseguimos meter tudo no jogo que tínhamos tempo para desenvolver. Queríamos mostrar as coisas essenciais para apresentar da melhor forma a história, e foi quando decidimos isso - o que se reflete no jogo final."

"Não é que não seja preciso mostrar a invasão de Niflheim para apresentar a história, mas esse episódio é algo que exigiria muito esforço e tempo por isso ao invés de o forçar no jogo, começamos o seu projeto independente em separado, é esse o controlo que queríamos contar no filme. É por isso que passamos isso para Kingsglaive."

"De uma perspectiva de história, teríamos que ter o filme e o jogo juntos num só pacote, mas em termos realistas, não era algo que pudesse ser feito num jogo, é demasiado," concluiu Tabata.

Hajime Tabata, diretor do aguardado Final Fantasy XV, confessou que ainda nem viu as novas consolas...

Hajime Tabata, diretor do aguardado Final Fantasy XV, confessou que ainda nem viu as novas consolas da Microsoft e da Sony, quanto mais trabalhar com elas. Tabata disse que descobriu sobre a Xbox Project Scorpio na conferência da Microsoft.



Questionado se a sua equipa já estava a trabalhar com alguma das novas consolas, Tabata partilhou que não e que na verdade ainda nem sabia que a Microsoft ia anunciar algo.

"Não, não começamos nada...A primeira vez que ouvir sobre a Scorpio foi na conferência da Microsoft. Estava à espera na sala verde e fiquei 'ooh, wow, o que é aquilo?'"

Tabata disse que somente quando vir algo a correr nelas é que terá uma ideia do que poderá conseguir mas ao ouvir as especificações da Scorpio fica uma verdadeira sensação que será poderosa.

"Seria fantástico se Final Fantasy XV se tornar em algo que corre no Xbox One e PS4 de atual geração mas também com a opção de correr no equipamento mais forte quando sair, para jogar nesse nível. Gostaria de conseguir dar isso."

O Directory de Final Fantasy XV confessou também que de momento não tem uma TV 4K em casa mas que seria fantástico dar a possibilidade a quem já tem uma.

A DFC, companhia de análise, acredita que a Microsoft matou a Xbox One Slim à nascença com a apre...

A DFC, companhia de análise, acredita que a Microsoft matou a Xbox One Slim à nascença com a apresentação da Xbox Project Scorpio e que possíveis interessados na compra da consola, vão antes esperar pelo modelo mais poderoso.

Numa reunião com investidores após a E3 2016, a DFC disse que, "Se existissem muitos consumidores com uma Xbox 360, Wii U ou até mesmo uma PlayStation 4 interessados em comprar uma Xbox One este Natal, foi-lhes dito para esperarem pela chegada da Scorpio em 2017. A Microsoft terá que desejar que o interesse pela Project Scorpio desapareça rapidamente mas com a sua revelação isso é pouco provável."

"Existem todo o tipo de problemas com as mensagens confusas da Microsoft. O preço da Xbox One original é fantástico, e a Slim é espetacular, mas os jogos importantes estarão no PC, por isso porquê investir num console? Atualiza o teu PC. E se quiseres um console porquê comprar agora se a Scorpio chegará mais tarde. Tudo isto afeta as vendas da nova consola e abre as portas para a Sony e até para a Nintendo com a NX."

A DFC diz que a Sony enfrenta um problema similar com a Neo mas ao contrário da Microsoft, não vai desperdiçar dinheiro com um modelo Slim para mais tarde apresentar uma versão mais poderosa.

"O maior problema é se a Microsoft terá sequer uma divisão de videojogos quando a Project Scorpio foi lançada. Não é nenhuma ironia que os eventos da E3 decorreram no mesmo EXATO momento em que o CEO da Microsoft, Satya Nadella, anunciava a aquisição do LinkedIn por $26 mil milhões."

"A questão parece ser quando é que a Microsoft vai sair da indústria dos videojogos, e não se vai. Claro, isso levanta outras questões tais como é que essa saída será feia? Será a Xbox vendida? Irá a Microsoft encontrar compradora? Ou será que a equipa encerra a divisão Xbox? A DFC acredita que a última opção não irá acontecer mas algo precisa ser feito."

Para a DFC, a divisão PlayStation tornou-se numa das linhas de produto mais bem sucedidas da Sony e é das que mais lucro gera. O facto de kaz Hirai, ex-responsável pela PlayStation, controlar agora toda a Sony é um indicador do seu sucesso. Pelo outro lado, a divisão Xbox continua a ser o patinho feio da Microsoft que está a ser forçada a integrar-se na estratégia da companhia para o seu sistema operativo.