News

Microsoft aprendeu muito com Scalebound

Durante o podcast IGN Unlocked, Phil Spencer falou sobre o cancelamento de Scalebound, e afirmou que aprendeu lições valiosas com este medi...

Durante o podcast IGN Unlocked, Phil Spencer falou sobre o cancelamento de Scalebound, e afirmou que aprendeu lições valiosas com este mediático caso que roubou à Xbox One um dos seus mais desejados jogos.

"Direi, porque não quero - aprendi muitas coisas com a experiência de Scalebound. Seria de esperar que já fosse esperto o suficiente para me lembrar das aprendizagens que tive ao longo do tempo, mas por vezes, quando começamos algo novo, falamos demasiado cedo sobre isso. As pessoas lembram-se quando anunciados Ryse, mesmo quando era chamado Codename Kingdoms ou isso."

"Mas quando passas por este processo publicamente, sobre o que significa tentar lançar algo, e todos falam sobre isso, porque lhes pediste para perguntar, porque o anunciaste. Aprendei que quando tentamos fazer algo ambicioso com uma nova equipa, ou uma nova propriedade intelectual, preferia não ir logo colocar uma data muito cedo."

Spencer disse ainda que, "Aprendi isso, como disse, seria inteligente lembrar-me disso, mas se falarmos especificamente de Scalebound, adoro o senhor Kamiya, adoro a Platinum, trabalharia com eles num segundo jogo, penso que fazem um grande trabalho. O que estava a ser feito não funcionou para nós, e penso que falo colectivamente. Mas o que mais me deixou consternado foi que estava disponível para todos verem, quando começamos coisas nos bastidores a todo o tempo. Como aquele projecto Halo Kids, o que era aquilo?"

Spencer diz que a divisão Xbox terá mais cuidado com os anúncios e o timing escolhido para os fazer, procurando evitar situações como a de Scalebound.

Um comentário:

  1. A M$ precisa pensar no seu público-alvo ao invés de pensar por conta própria.
    Mataram um game de mundo aberto promissor que com certeza seria capaz de animar os donos do X1 e apenas se focam em informações e no hype gerado em cima do Scorpio.
    O comando de Phil Spencer esta deixando muito a desejar e só colaborando para afundar a marca.
    Seria muito melhor investir em jogos ao invés de cortar o investimento porque nenhum console sobrevive no mercado sem jogos.

    ResponderExcluir

Nos deixe saber sua opinião...