News

Sony defende a decisão de bloquear a PS4 de ter cross-play com a Xbox One e a Switch

Na conferência da Microsoft na E3 2017 foi anunciado que Minecraft partilharia o ambiente de jogo com utilizadores de várias plataformas, d...

Na conferência da Microsoft na E3 2017 foi anunciado que Minecraft partilharia o ambiente de jogo com utilizadores de várias plataformas, de forma a que a interacção com o jogo seja possível na Xbox One, Windows 10, Nintendo Switch VR e dispositivos móveis.

Foi feita então uma dura critica à Sony pois, segundo informações reveladas pelo Windows Central, a companhia negou-se a participar no cross-play de Minecraft. Como se isso não bastasse, durante a apresentação da Nintendo ficou confirmado o lançamento de Rocket League na Switch e o cross-play que terá com os utilizadores da Xbox One e Steam, o que provocou uma nova onda de protestos contra a Sony.


Numa entrevista com o Eurogamer britânico, Jim Ryan, diretor global das vendas da PlayStation, falou sobre o tema e defendeu a posição da marca de não participar no cross-play de alguns jogos. Primeiro Ryan referiu-se à questão sobre a ausência da PlayStation no cross-play de jogos como Minecraft, em várias plataformas, e Rocket League na sua versão Nintendo Switch.

"Não é uma postura filosófica profunda contra isso. Temos estado sempre abertos ao diálogo com as produtoras e editoras que queiram falar do tema. Infelizmente, é uma discussão comercial entre nós e os investidores, mas não vou falar sobre o tema neste momento," disse Ryan.

Mais tarde, Jim Ryan exemplificou a situação actual com Minecraft argumentando que, "A idade dos utilizadores que jogam a este jogo, é muito variada, mas também muito jovem. Nós temos um contrato com as pessoas que aceitaram estar online connosco, tratamos delas e elas estão dentro do universo organizado pela PlayStation. Expor o que em muitos casos são crianças a influências externas que nós não temos a habilidade de gerir ou tratar, é algo que devemos pensar muito cuidadosamente".

Por fim Ryan declarou que em momento algum estão a fechar as portas ao cross-play com outras plataformas, mas que na actualidade não tem havido conversações sobre o assunto.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...