News

"Sabemos que vai ser caro, mas Xbox One X chega ao Brasil até o Natal", diz Phil Spencer

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox na Microsoft, participou da Brasil Game Show 2017, onde apresentou novos jogos, interagiu com o público...

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox na Microsoft, participou da Brasil Game Show 2017, onde apresentou novos jogos, interagiu com o público e falou com a imprensa. Figura carismática e considerado “garoto-propaganda” da marca, Spencer conversou também com o TechTudo. Na ocasião, ele revelou mais dos planos da empresa para o lançamento nacional do Xbox One X, que seguramente chega por aqui até o final do ano - e já avisou: “não vai ser barato”. Confira mais detalhes sobre o bate-papo.

Tudo sobre o Xbox One X: preço, data de lançamento e especificações

Mercado brasileiro X Microsoft



Apesar do frágil momento econômico do Brasil, Spencer acredita que os produtos Microsoft possuem um bom mercado por aqui. Por este motivo, a intenção é de trazer o Xbox One X para o país o quanto antes. Segundo o executivo, a justificativa é simples: a variedade da linha de ofertas da empresa.

“Sabemos que é importante dar escolha aos jogadores. Se a pessoa quiser comprar um Xbox 360, ou um jogo de Xbox 360, ela poderá fazer isso e, futuramente, utilizar no Xbox One S ou no One X graças à nossa retrocompatibilidade”, disse. Ainda de acordo com Spencer, a preocupação não está em vender os modelos mais novos e caros do console, mas sim atingir todo o tipo de público, com opções baratas, caras e inovações gerais.

Xbox One X no Brasil

O executivo prometeu que o Xbox One X, o mais poderoso e ainda inédito console da Microsoft, chegará ao Brasil “nas festas de fim de ano” - isto é, Natal e Ano Novo. “Queremos lançar ele entre novembro e dezembro, mas é mais seguro dizer que deve ficar para dezembro. Acabamos de lançar o 'S' em setembro e ele ainda vai aproveitar mais tempo no mercado. Porém, queremos que os brasileiros tenham a certeza de que eles terão o 'X'”, comentou.

O lançamento será pesado, com direito a muitos títulos e marketing “agressivo” por aqui. “Temos mais de 130 títulos disponíveis ou que serão relançados com melhorias para o Xbox One X. Não sei se teremos todos eles por aqui no lançamento, mas eu não vejo motivo para isso não acontecer”, apontou Phill Spencer. Ele garante ainda que a Microsoft tem a preocupação de mostrar o poder do console para seu público e isso requer que títulos disponíveis exibam essas melhorias.

A questão do preço

Quanto ao preço, a notícia pode não ser tão boa, apesar do lançamento agendado para breve. “Ainda estamos trabalhando no valor final e não tenho uma faixa limite para apresentar, mas não será barato e nossos fãs sabem disso”, destacou. Vale lembrar: no exterior, o Xbox One X também é mais caro que o modelo “S” - US$ 500 contra cerca de US$ 280 nos pacotes mais baratos. No Brasil, o modelo “S” sai por R$ 2.200.

“Para nós, o Brasil está entre os cinco mercados mais importantes de games no mundo. Por essa razão queremos ter todo o cuidado no processo de lançamento do Xbox One X por aqui”, acredita. O Xbox One X não terá fabricação no Brasil, motivo pelo qual seu preço também deve ser mais elevado do que o comum, levando em conta experiências passadas. Contudo, a Microsoft deve garantir todo o suporte, como já faz com outros aparelhos atuais e passados.

Por fim, Spencer apontou seu “filho favorito”, o jogo que ele acha mais bonito no Xbox One X, rodando com gráficos em 4K: “Forza 7, com toda a certeza. É o mais bonito. Chega a ser ridículo o quanto está bonito. Mas tem outros muito belos, como Sombras da Guerra e Assassin's Creed Origins. Temos ótimos profissionais construindo os jogos como se fossem games de PC, rodando nas configurações máximas. Por isso, todos os fãs podem esperar por visuais fantásticos”, finalizou.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...