News

Rumor: Google atuará em três frentes contra o Xbox e PlayStation

Não é comum associar o nome do Google a videogames e, quando isso é feito, quase sempre se refere à sua plataforma de Realidade Virtual. No...

Não é comum associar o nome do Google a videogames e, quando isso é feito, quase sempre se refere à sua plataforma de Realidade Virtual. No entanto, os rumores de que ele está se preparando para dar o salto para este terreno estão cada vez mais soando. Este último até especifica que o atuará em três áreas diferentes: uma plataforma de streaming ou nuvem, um hardware (console) e um espaço para desenvolvedores.

Existem cinco fontes que fornecem informações sobre o assunto, diz Kotaku. Eles dizem que na última GDC de março, os emissários do Google participaram de várias reuniões com outras empresas para compartilhar seus planos de streaming em uma plataforma que seria chamada de momento Yeti e verificar que gerou interesse. Funcionaria de maneira semelhante à GeForce Now da Nvidia, processando jogos processados em computadores remotos.
A computação em nuvem não é novidade nos videogames e até foi integrada aos consoles tradicionais, com o Nintendo Switch como último exemplo. No entanto, a intenção do Google é reduzir ainda mais as necessidades e permitir até mesmo jogar em uma guia aberta no navegador Google Chrome instalado em um computador. Ou permitir o lançamento de um jogo com apenas um clique de um botão localizado em um vídeo do YouTube. O equipamento de hardware para venda seria um passo intermediário para quem precisa, como na Shield TV.
O boato tomou força com a E3 2018. As fontes dizem que o Google também apareceu em Los Angeles, com predisposição para delinear os seus planos e até mesmo estava negociando com as empresas para comprar estudos inteiros de desenvolvimento. O que é certo é que alguns planos têm, porque foram reforçados nos últimos meses com contratações como Phil Harrison, figura que já trabalhou para o PlayStation e Xbox no passado.

20 comentários:

  1. Seria interessante para o mercado a entrada de uma outra empresa, quanto mais concorrência mais demanda por qualidade na produção de consoles ou jogos.

    ResponderExcluir
  2. Ela pode entrar no mercado e ajudar a reduzir o preço dos aparelhos e jogos. Porém não adianta a Google investir em hardware, se ela não investir em títulos exclusivos AAA, acabará tendo o mesmo rumo da Microsoft.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkk quais rumos? MS comprou vários estúdios, tem lançado vários jogos bons exclusivos em console. A não ser que vc seja daqueles que se baseia nas notas dadas pela UOL, ign e etc. Ao sim eu entenderia seu comentário.

      Excluir
    2. Kkkkkk sonysta sendo sonysta

      Excluir
    3. Caras, não vou entrar nesta guerrinha fãboy. Fodam-se com esssa criancice.
      Tiro por base nas notícias postadas neste blog para formular os meus comentários, a maioria que vejo é só sobre projetos do próximo Xbox e nada mais. Só recentemente com a E3 tivemos uma amostra dos exclusivos do console.

      Excluir
    4. @Augusto Cesar, a M$ comprou vários estúdios sim, mas no período que o marketing do X1X era pesado entre 2016 e 2017, ela segurou o lançamento dos melhores exclusivos até o lançamento do X1X. A M$ deveria ter iniciado a todo vapor desde 2013 sem interromper a janela de lançamentos para dar ênfase ao novo console. Seu ataque pessoal não faz sentido algum pois esta a criticar o Alex, como no comentário anterior, só busco informações neste Blog, não frequento nenhum outro site ou forum. E quero muito que a M$ bata de frente com a Sony, esta concorrência é ótima para os gamers que terão exclusivos magníficos. Portanto Unknown o seu comentário não faz o menor sentido. Enfim, permitam-me entender o ponto de vista de ambos em relação à M$, não levando para o lado pessoal como fizeram. Reforço que o Xbox One sempre o vi como um excelente console e até 2017 não tinha muitos exclusivos, vide as notícias postadas neste blog que justificam tudo isto. Caso eu esteja errado, me perdoem e corrijam-me mas sem infantilidade.

      Excluir
    5. Caixista sendo caixista, na falta de argumentos partem pro ataque pessoal. Exclusivos no Xbone? Piada kkkkkkk

      Excluir
    6. A reação da Microsoft começou no final de 2017 após adquirir mais estúdios. Só lançaram alguns exclusivos de lá prapcá e os caixistas pensam que estão detonando.

      Excluir
    7. Não entendo o por que de tanto ódio do meu comentário e nem a razão desta guerrinha fãboy. M$ e Sony nem ligam pra essa birras infantis destes caras que seguem o Xbox Mil Grau, por um mísero pedaço de plástico. Enfim, venham com comentários construtivos e não com ataques pessoais infantis, parecem até esquerdistas.

      Excluir
    8. A verdade dói, né caixistas?

      Excluir
  3. Vergonhoso, guerrinha fanboy aqui?
    O Brasil já era e vocês bebês se prestam a brigar por um mero brinquedo.
    Tem cara que não sabe aceitar crítica em cima do seu console, e parte pro ataque pessoal. Não é a toa que o brasileiro é um dos países mais odiado no mundo justamente pela falta de educação e tamanha burrice em não saber argumentar.
    Quero mais que a Google chegue com tudo e ponha para correr as que estão no mercado só investindo em games do passado e poucos exclusivos, seja Nintendo, Sony, Microsoft, as três só investem em games ultrapassados e no ano se tivermos 4 exclusivos ainda é muito pouco comparado a gerações anteriores. Usem o cérebro e não a emoção, cambada de animais de teta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo e assino em baixo, a entrada de mais empresas é bom para os gamers, só fãboys alienados ficam com briguinha.

      Excluir
  4. Alex tenho absoluta certeza que não fiz nada para provocar estes fãboys em meu comentário.
    Também estou cansado de discutir com gente BURRA que não se informa antes de vir cuspir desaforos e me ver obrigado a puxar informações que todos que estão a par dos erros da M$ nesta geração, para dois imbecis(@Augusto Cesar e Unknown) que não se prestam a se manterem informados.
    Vou dar um tempo nos comentários ainda mais porque estou planejando uma viagem e não tenho tempo para bancar de professor para esses fãboys filhos da puta.
    E não importa se estes caras que começaram essa farra estão no exterior, pois apenas defecam a burrice no mundo envergonhando o nosso país. Se a M$ tivesse feito metade dos investimentos que só resolveu fazer no final de 2017 com o lançamento do X1X, hoje ela já seria líder de mercado mesmo com o boicote japonês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No seu lugar eu nem ligava, como você mesmo disse são gente 'burra' desinformada que baba ovo por um brinquedo.
      Seus comentários e críticas são boas e construtivas, mas já que planeja sua viagem é até compreensível a ausência futura.

      Excluir
  5. Pelo que eu saiba só existe rixa entre os Pcs x Consoles e é uma briga antiga pois os consoles possuem exclusivos que ganham repercussão mundial graças a forte campanha de marketing em cima destes jogos. Por outro lado tem os Pcs que possuem uma leva de exclusivos superior aos consoles, sem contar o poder de processamento gráfico que não tem comparações com os consoles.
    Os consoles irão acabar pois as japonesas que abastecem os consoles já lançam seus jogos para os Pcs, games que eram exclusivos dos consoles. A Microsoft serviu de ponte para estas japonesas decidirem quebrar esta exclusividade dos consoles e vender seus games também para os Pcs. A Microsoft não é a mais fraca da geração, nunca foi, ela é a mais poderosa sem sombra de dúvidas pois a empresa tem comércio nos PCs e Consoles nas linhas Windows e Xbox Live, enquanto a Sony só tem uma PSN que vive caindo e a Nintendo a Network básica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tem trouxa nesse blog incluindo o dono dele.

      Excluir
  6. Sempre aparece idiotas de todos os cantos para atacar as pessoas.

    ResponderExcluir
  7. Coitado, sofre de depressão, deve ser um coitado que sente prazer em atacar as pessoas, por isso algumas pessoas precisam ser ignoradas mesmo. Não tem argumentos e só sabem fazer isso.

    ResponderExcluir

Nos deixe saber sua opinião...