News

Ubisoft quer Rainbow Six Siege no PS5 e novo Xbox

A Ubisoft não tem interesse em lançar uma sequencia de Rainbow Six Siege, nem mesmo com a chegada iminente do PS5 e novo Xbox. O argume...

A Ubisoft não tem interesse em lançar uma sequencia de Rainbow Six Siege, nem mesmo com a chegada iminente do PS5 e novo Xbox.

O argumento da Ubisoft para não lançar uma sequela é a divisão de comunidade que isso provoca. Enfatizando aquilo que já tinha dito no ano passado, a Ubisoft recordou que permanece comprometida com o plano de chegar aos 100 operadores e de continuar a apoiar Siege com novos conteúdos.

Sobre os novos consoles, Alexandre Remy, o responsável pela marca Rainbow Six, disse que "não queremos segregar a nossa comunidade entre diferentes plataformas. Num amanhã ideal, adorávamos que os jogadores de todas as plataformas pudessem jogar juntos".



"Estamos a abordar a próxima geração com o mesmo espírito", continuou Remy, explicando ao DailyStar que têm investigado de que forma os jogadores de Rainbow Six Siege poderão migrar para as próximas consolas e se será possível reduzir o custo ao máximo.

A forma mais eficaz de reduzir o custo para os jogadores seria tornar o jogo retro-compatível. A Xbox One já é retro-compatível com os jogos da Xbox 360 e Xbox, portanto, é esperado que a próxima consola da Microsoft seja retro-compatível com jogos da Xbox One.

Embora a PS4 não tenha qualquer função de retro-compatibilidade, a Sony já confirmou que o PS5 será retro-compatível com os jogos do PS4. Em teoria, Rainbow Six Siege poderá ser retro-compatível em ambas os consoles.

"A força de qualquer jogo multijogador está no tamanho da sua comunidade, pelo que acredito que temos de fazer todos os esforços possíveis para quando a próxima geração chegar serem tratados como um PC de alta gama contra outro PC." explicou Remy.

Remy confessa que não sabe de que forma será possível implementar isto e que por enquanto só estão a conversar com a Sony e Microsoft sobre o assunto.

Fonte

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...