News

Death Stranding é a melhor estreia de uma nova PI nesta geração, no Japão

Death Stranding é o mais recente jogo de Hideo Kojima, uma nova propriedade intelectual desenvolvida pela Kojima Productions e que poderá d...

Death Stranding é o mais recente jogo de Hideo Kojima, uma nova propriedade intelectual desenvolvida pela Kojima Productions e que poderá deixar o seu nome marcado no percurso desta geração, pelo menos no Japão.

Segundo revelado pela Famitsu, Death Stranding vendeu perto de 186,000 unidades nas lojas físicas Japonesas em três dias e figura como o jogo mais vendido no Japão - um valor que lhe poderá permitir segurar um recorde nesta geração de consolas.
As vendas que Death Stranding alcançou na estreia permitem-lhe tornar-se na melhor estreia para uma nova propriedade intelectual nesta geração de consolas, batendo jogos como ARMS, Judgment e Horizon Zero Dawn.
Comparativamente, Sekiro alcançou vendas de 150,721 unidades na sua estreia Japonesa em Março de 2019, mas isso não lhe permitiu bater Judgment da SEGA que vendeu 153, 577 unidades na estreia em Dezembro de 2018.
As 185,909 unidades físicas que Death Stranding conseguiu vender erguem-no acima de Bloodborne, que vendeu 150,245 unidades na estreia em Março de 2015 no Japão.
Isto torna Death Stranding na melhor estreia para uma nova propriedade intelectual no Japão desde o lançamento de Dark Souls em Setembro de 2011. O jogo da From Software vendeu 279,567 unidades nas lojas físicas Japonesas.
É um feito que revela bem o quão entusiasmados com o jogo estavam os Japoneses.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...