News

Star Ocean 5 gera revolta contra Ocidentais no Japão

Depois de casos como o de Street Fighter V ou Dead or Alive Xtreme 3, os Japoneses não parecem ter mais paciência para as censuras e guerre...

Depois de casos como o de Street Fighter V ou Dead or Alive Xtreme 3, os Japoneses não parecem ter mais paciência para as censuras e guerreiros justiceiros da sociedade que têm ditado censuras e cortes nos jogos. Especialmente quando também afecta o produto que vão receber nas lojas.

Akira Yasuda, designer de personagens, Hiroshi Ogawa, director, e Shuichi Kobayashi, produtor, de Star Ocean 5 revelaram que não só estão a par da forma severa com que o Ocidente olha para designs mais reveladores nas mulheres, como fizeram alterações ao jogo porque tinham medo que a Square Enix fosse criticada no Ocidente.

"Recentemente, foram lançados vários jogos onde vemos uma personagem que mostra muita pele, mais tarde podes ser forçado a criar muitas revisões, a sensação que terás é que 'apesar de ser erótica, não mostra muita pele'," disse Yasuda.

"Na verdade, recebeu uma avaliação C da CERO (no Japão equivale a maiores de 15 anos). A Fiore utiliza muitos símbolos na pele para criar feitiços. É parte da sua personalidade," acrescentou Yasuda.

O verdadeiro problema surgiu com a alteração à roupa interior de Miki, que foi alterada para cobrir mais pele.

"Recentemente, houve muita controvérsia no estrangeiro que dizem que não é bom quando colocas adolescentes com roupa interior 'sexual'. Por isso aumentámos o tamanho da roupa," disse Kobayashi.

Em reposta a estas declarações, os jogadores Japoneses reagiram em fúria contra os Ocidentais, exigindo uma versão diferente para o Japão sem qualquer tipo de censura. Relembrando a censura aplicada a Street Fighter V, criticam os Ocidentais de hipocrisia nos videojogos que se divertem a chacinar pessoas mas se preocupam quando mais pele é mostrada.


0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...