News

Porque é que a invasão de Niflheim foi retirada de Final Fantasy XV?

Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, falou sobre as mudanças feitas ao produto final e explicou porque é que removeram a épica invas...

Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, falou sobre as mudanças feitas ao produto final e explicou porque é que removeram a épica invasão de Niflheim que era jogável e estava presente no trailer E3 2013 do jogo.

Tabata explicou que quando se sentaram para preparar o projeto Final Fantasy XV, começaram por pensar nos elementos que precisavam e tinham que usar para fazer da experiência algo único. Tornou-se numa conversa série sobre o que manter e o que deitar fora tendo em conta diversos factores, como o tempo de desenvolvimento.

"Sentimos que o tema que estamos a apresentar com esta história é um conto de tal forma épico que não conseguimos meter tudo no jogo que tínhamos tempo para desenvolver. Queríamos mostrar as coisas essenciais para apresentar da melhor forma a história, e foi quando decidimos isso - o que se reflete no jogo final."

"Não é que não seja preciso mostrar a invasão de Niflheim para apresentar a história, mas esse episódio é algo que exigiria muito esforço e tempo por isso ao invés de o forçar no jogo, começamos o seu projeto independente em separado, é esse o controlo que queríamos contar no filme. É por isso que passamos isso para Kingsglaive."

"De uma perspectiva de história, teríamos que ter o filme e o jogo juntos num só pacote, mas em termos realistas, não era algo que pudesse ser feito num jogo, é demasiado," concluiu Tabata.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...