News

Phil Spencer: Guerra de consoles não faz sentido

Através da sua conta do Twitter, Phil Spencer, patrão da divisão Xbox, publicou uma mensagem para felicitar a Tarsier Games pelo sucesso de...

Através da sua conta do Twitter, Phil Spencer, patrão da divisão Xbox, publicou uma mensagem para felicitar a Tarsier Games pelo sucesso de Little Nightmares, jogo que foi lançado na Xbox One, PS4 e PC. Apesar da mensagem ter sido bem intencionada, um utilizador acusou Spencer de promover jogos multiplataforma apenas porque tiveram melhores classificações na Xbox One.
A mensagem do utilizador foi a seguinte: "Parece que a equipe do Xbox e Phil realmente promovem este jogo embora seja multiplataforma. Também não deixa de ser estranho que o Metacritic lhe tenha dado mais 6 pontos de classificação na versão Xbox One do que na versão PlayStation 4".
Como resposta Spencer sublinhou que as pessoas deviam jogar na plataforma que possuem, sem que isso signifique retirar mérito às demais consolas. "Nunca me sinto estranho a promover grandes jogos. Deves jogar na plataforma que possuis," respondeu ele.
@XboxP3 @LittleNights Seems like team xbox & Phil r really pumping this game even tho it's multiplat. Also strange the Metacritics 6pts higher on xb1 than on PS4.
@JRPyznar @LittleNights I'll never feel strange promoting great games.  You should play it on the platform you own..

Para além disso, ele afirmou que lamenta que os jogadores fiquem contentes porque alguns jogos recebem melhores classificações numa ou noutra plataforma. "Quando as discussões dos jogos mudam de jogar grandes jogos a ver em que console os fazemos, sinto que estamos a perder um pouco o caminho," referiu ele numa outra mensagem.

Por fim o patrão da divisão Xbox disse que a indústria precisa de crescer e que isso depende em grande parte da atitude dos jogadores. Além do mais, disse que é desagradável para os produtores, que passam anos a trabalhar num jogo, os comentários sobre se uma consola é melhor do que a outra e que este tipo de discussões não fazem sentido.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...