News

RETROCOMPATIBILIDADE É UM DOS RECURSOS MAIS PEDIDOS, MAS POUCO USADO, DIZ EXECUTIVO DA SONY

O PlayStation 4 foi lançado em 2013 e desde então as estratégias da Sony em relação a jogos antigos e retrocompatibilidade têm sido muito q...

O PlayStation 4 foi lançado em 2013 e desde então as estratégias da Sony em relação a jogos antigos e retrocompatibilidade têm sido muito questionadas pelos fãs.

Em entrevista à revista Time, o diretor de vendas globais da companhia, Jim Ryan, falou sobre diversos assuntos que permeiam o PlayStation, incluindo a retrocompatibilidade. "Quando falamos sobre retrocompatibilidade, posso dizer que é um desses recursos muito pedidos, mas na verdade pouco usado".



Continuando, Ryan conta uma história de quando participou de um evento de Gran Turismo, recentemente, no qual haviam estações de jogos rodando games da franquia no PS1, PS2, PS3 e agora no PS4. "Os jogos de PS1 e PS2 pareciam antiquados, por que alguém jogaria isso?".

Atualmente, o PS4 conta com uma biblioteca de games clássicos do PS2 com upscale, suporte a troféus entre outras funcionalidades online, além de jogos do PS3 por meio do serviço de streaming PlayStation Now, não disponível no Brasil. Estes títulos precisam ser readquiridos (ou acessados pela assinatura do serviço), o que não representa, de fato, uma compatibilidade com games de gerações passadas, mas sim um relançamento e/ou port.

Em contrapartida, o Xbox One conta com catálogo de mais de 300 jogos de Xbox 360 que podem ser jogados na atual plataforma da Microsoft, sem a necessidade de uma segunda compra, uma vez que, se o consumidor já possuir o game, basta inseri-lo no console.

Quando a Microsoft anunciou a chegada do recurso ao Xbox One, Shuhei Yoshida, presidente da Sony Worldwide Studios, afirmou que o PS4 não teria retrocompatibilidade.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...