News

O Playstation 5 poderá chegar em 2019 - Diz Pachter

Michael Pachter, infame analista na Wedbush Securities, foi  questionado  sobre o PlayStation 5 e sobre as palavras de Shawn Layden da Sony...

Michael Pachter, infame analista na Wedbush Securities, foi questionado sobre o PlayStation 5 e sobre as palavras de Shawn Layden da Sony, quando disse que o próxima console da Sony será um verdadeiro console de nova geração.
Pachter acredita que Layden foi suficientemente direto e não tentou enganar ninguém, a Sony não vai apresentar mais uma console ao estilo do PlayStation 4 Pro, um refrescar da mesma geração, mas sim um verdadeiro console de nova geração.
"O PS4 Pro é melhor do que o PS4, em termos tecnológicos, por isso penso que é meio passo para o PlayStation 5. Penso que o PS5 será outro meio passo. Portanto, ele está a ser honesto quando diz que não fará outro meio passo mas sim o PlayStation 5...o quão mais rápida consegue ser?"
"Será certamente compatível com 4K. Terá suporte para 240 fotogramas por segundo? Fantástico. Será capaz de correr jogos feitos para o PlayStation 4 PRO? Essa é a questão," diz Pachter.
 Publicidade 
"Penso que sim. Penso que vão construir um console que será retro-compatível com o PS4 Pro. Penso que será encarada pelos consumidores como um meio passo e penso que Shawn está a dizer a verdade quando diz que será por completo um novo console."
TALVEZ POSSAS GOSTAR...
Quanto ao lançamento, Pachter acredita que a Sony vai esperar por um momento em que existam mais televisões 4K na casa dos consumidores, algo que imagina acontecer em 2019.
"A minha previsão é que não será lançada em 2018. Será em 2019 ou 2020, mas provavelmente 2019. Provavelmente, a Sony está à procura do melhor momento, pois vão apresentar um aparelho 4K quando o mercado de TVs 4K chegar aos 50% nos EUA e aos 35% no resto do mundo. Penso que a Sony provavelmente já definiu o próximo ciclo de consoles. Penso que já sabem o que têm a fazer."
Pachter sempre defendeu que a chegada de consolas 4K como o PlayStation 4 Pro e o Xbox One X teriam um impacto reduzido no mercado pois não acredita que exista ainda um número suficiente de TVs 4K vendidas para tornar as consolas apetecíveis para as massas.

10 comentários:

  1. Enquanto o PS4 vender bem e estiverem grandes lançamentos à vista, nem vale a pena pensar em anunciar um PS5. Porém, claro que já devem estar a trabalhar nele.

    Sobre a febre dos 4K, confesso que não percebo, tanto mais que ainda estamos longe dos 1080p/60fps fixos. Esse é o standard que devem procurar, não o da resolução.

    Mas isso sou eu que digo. Devo ser maluco por querer jogos melhores e não resoluções melhores.

    ResponderExcluir
  2. aff este otário só fala isso após estes boatos circularem pela web, isto quando não inventa idiotices para chamar atenção.

    ResponderExcluir
  3. O Patcher e uma porção de fanboys por tecnologia pensam que console é igual celularzinho, tv, computador, e que aquela frase "compra quem pode" tambem se aplica, mas não.

    Até parece que um console gamer irá se importar com resoluções e gráficos melhores, o que são jogos divertidos e o frame tem sido o maior desafio nesta geração pois nem mesmo estes modelos mais sofisticados de X1X e PS4 Pro rodam todos os games à 1080p com 60 fps cravados.

    Quando leio este tipo de notícia, fico pensando o que passa na cabeça destes manés pra pensarem que consoles e Pcs podem andar lado a lado.

    ResponderExcluir
  4. 2019 é o mínimo aceitável.

    Tb acredito na retrocompatibilidade com o PS4. Tendo em conta o hardware standard e a livraria gigante que o PS4 já tem, duvido que a Sony desperdiçasse essa oportunidade.

    ResponderExcluir
  5. Quando disse que um PS5 logo estava por vir, fui detonado nos fóruns da vida. Ainda mantenho minha palavra que The Last of Us 2 & Day One do PS5, por isso não apresentaram nada dele na E3 desse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os gráficos de TLOU 2 e Days Gone são da geração atual, dúvido que sejam cancelados e portados para o PS5.
      Seria mais compreensível se vc tivesse mencionado Kingdom Hearts 3 e FFVII que são games com grandes chances de serem portados para a next-gen.
      Enfim, TLOU2 sendo lançado em 2019 no PS4, poderá indicar o lançamento do PS5 e o game ser remasterizado para o console, assim como aconteceu no ano de lançamento do PS4 em 2013.

      Excluir
  6. Enquanto isso vou seguir com meu PS4 fat.
    Não comprei nem o Pro e nem comprarei o XBX.
    Consoles de meia-geração eu tô fora.
    Agora quando lançarem um next-gen de fato, aí sim é hora de aposentar meu guerreiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo garota.
      Estou satisfeito com o meu PS4 fat, não tenho interesse numa versão capaz de gerar alguns fps a mais que não são 100% constantes com todos os jogos.

      Excluir
  7. Bom estou com FFXII pronto para jogar, só aguardando terça chegar para conferir o game.
    No mais, quem se importa com evolução tecnológica que vá para o PC que nunca será batido por nenhum console.
    Minha preocupação são com os jogos que estão por vir para os meus consoles e não em aparelhos que ainda nem sequer foram anúnciados.
    Acho ridículo passarmos o ano inteiro discutindo "ah o X1X é o console mais poderoso do mercado" "comparativos entre X1X vs PS4 PRO" "mais detalhes sobre X1X e PS4 Pro".
    Estou satisfeito com os consoles que tenho e a única coisa que me importa são os games e promoções. Só vou me preocupar com consoles daqui há 4 ou 5 anos pois não pretendo comprar o PS5 nem quando ele completar o 2° ano de vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, sigo o mesmo raciocínio.
      Quem tem $$$ sobrando para ostentar em versões mais potentes de consoles com meia vida, que banque um PC Gamer.
      O cara que consegue choramingar para a 9ª geração chegar mais cedo não esta se divertindo com os games da 8ª geração.
      X1 e PS4 ambos recebem em média 18 pra 25 lançamentos mensais e todos já estão cansados de saber que a arquitetura do Xbox é superior em qualidade para games multi-plataforma.
      Se o problema fosse poder, a Nintendo já estaria falida há muito tempo.

      Excluir

Nos deixe saber sua opinião...