News

O que esperar da Square Enix na E3 2018?

A Square Enix poderá ter uma das conferências mais entusiasmantes da E3 e existem diversas razões para isso. Além dos vários jogos já confi...

A Square Enix poderá ter uma das conferências mais entusiasmantes da E3 e existem diversas razões para isso. Além dos vários jogos já confirmados, não nos podemos esquecer que a editora poderá sacar de surpresas. Basta relembrar o que fez em 2015, quando apresentou de forma totalmente inesperada NieR: Automata e a colaboração com a Platinum Games.



Entre os jogos confirmados, existem grandes nomes que nos deixam ansiosos por saber mais, mas não podemos deixar de pensar no fator inesperado, nas improváveis presenças que até podem apanhar de surpresa os jogadores. Esta é uma companhia que pode a qualquer momento anunciar um novo JRPG da Tokyo RPG Factory, Dragon Quest Heroes 3 ou simplesmente apostar em mais conversões Switch, como World of Final Fantasy, Star Ocean 4, NieR: Automata ou Final Fantasy 12: The Zodiac Age e desfrutar de uma boa recepção.
A Square Enix também se poderá juntar à Capcom e Level-5 na conversão de jogos Nintendo 3DS para a Nintendo Switch, apresentando versões em HD de jogos como Bravely Default, Bravely Second ou Dragon Quest VIII. Talvez possa até anunciar um Bravely Third na Switch.

Avengers Project

Joe Russo, um dos realizadores do filme Vingadores: Guerra do Infinito, confirmou a sua presença na E3 2018 e a especulação aponta que será para apresentar finalmente o jogo dos Vingadores da Eidos Montreal. Um jogo que dizem ser uma espécie de jogo de acção na terceira pessoa, focado na vertente cooperativa online.
Os rumores também dizem que a Eidos Montreal estará a preparar um novo jogo dos Guardiões da Galáxia, mas depois do recente sucesso dos Vingadores nas bilheteiras e com um novo filme já pronto para estrear em 2019, acreditamos que está na hora de apresentar o jogo dos Vingadores.

Octopath Traveller

Este JRPG altamente promissor vem da mente que nos deu a série Bravely e representa uma homenagem aos clássicos da era NES. O estilo visual pixel art alcançado com arte 2D de alta definição poderá remeter-nos para essas décadas já passadas, mas existe muito de ambicioso em Ocotpath Traveller que mostra mecânicas capazes de surpreender. Tendo em conta os nomes envolvidos, isso não surpreende.
A conferência da Square Enix será apresentada um mês antes do lançamento e existe uma demo na eShop da Switch, mas este trabalho de Masashi Takahashi e Tomoya Asano poderá ter direito a um momento importante no evento. Especialmente porque é o primeiro indício do que as mentes por detrás da série Bravely podem fazer na transição para a Nintendo Switch.

Life is Strange 2

A Dontnod está prestes a colocar Vampyr nas lojas e isso significa que terá uma maior margem de manobra para se concentrar em Life is Strange 2, a aguardada sequela da sua aclamada aventura narrativa. Foi em Maio de 2017 que a Dontnod confirmou o desenvolvimento de um novo jogo, por isso está mais do que na hora de ver Max de volta.
O primeiro jogo foi aclamado pela sua narrativa e pela forma como levou mais além o gameplay, comparado com o que a Telltale Games e outras estavam a fazer, sendo de esperar um jogo ainda mais ambicioso e envolvente que o primeiro.

Dragon Quest 11

Este é um lançamento importante para a Square Enix, que procura aumentar a popularidade da série no Ocidente. É fácil prever Dragon Quest 11 na E3 da Square Enix, mas há mais do que isso nas expectativas. A Square Enix preparou várias melhorias para a versão Ocidental e esta será a oportunidade perfeita para as conhecer.
Por outro lado, Dragon Quest 11 será lançado numa altura muito sensível, a meros dias de Spider-Man e Shadow of the Tomb Raider, sem esquecer todos os outros lançamentos de final do ano. A Square Enix terá de o demonstrar de forma muito forte para que as pré-encomendas comecem desde já a ser feitas.

Kingdom Hearts 3

Cinco anos depois da revelação oficial, já sabemos muito sobre Kingdom Hearts 3, mas ao mesmo tempo é fácil sentir que não sabemos nada. O envolvimento de personagens e mundos da Disney obriga a Square Enix a cuidados redobrados e a esforços extra na qualidade. A expectativa entre os fãs é cada vez maior e a Square Enix até já confirmou que os visitantes da E3 terão oportunidade para o jogar.
Além de um novo trailer com novos mundos e momentos épicos entre personagens da Square Enix e da Disney (não pedimos personagens da Marvel por enquanto), a data de lançamento será finalmente revelada. Esse poderá ser mesmo o grande momento da Square Enix na E3 2018, a confirmação de uma data para Kingdom Hearts 3, deixando as novidades de outros estúdios Japoneses para o Tokyo Game Show.

Final Fantasy 7 Remake

Esta é provavelmente a maior incógnita no actual alinhamento de jogos em desenvolvimento e já anunciados oficialmente pela Square Enix. O desenvolvimento foi reiniciado, quando a Square Enix o tirou das mãos da CyberConnect2, e talvez seja guardado para o Tokyo Game Show, deixando espaço para outros jogos. Ainda assim, é esperado um trailer para manter o entusiasmo.
Final Fantasy 7 Remake é um autêntico colosso e a Walmart sugere até que a Square Enix poderá optar por o reapresentar como um título Xbox One, PC e PlayStation 4, demonstrando a visão da actual equipa para este ambicioso remake.

Shadow of the Tomb Raider

A Eidos Montreal já o apresentou e já vimos o primeiro teaser, mas falta ainda ver gameplay. Os rumores dizem que Lara Croft regressará numa demonstração de gameplay na conferência da Microsoft, mas o mais importante é poder assistir a gameplay. A Eidos já revelou imenso do jogo, podes ver tudo o que sabemos nesta página, mas ainda falta ver o jogo a correr.
A equipa responsável pelo jogo afirma que será um jogo muito superior a Rise of the Tomb Raider e que além de elevar o gameplay a novos patamares, não cometerá os mesmos erros do anterior no desenvolvimento dos personagens e narrativa. Rise of the Tomb Raider ter o potencial para figurar como um dos melhores jogos do ano, mas perante a concorrência, terá de estar muitíssimo forte na E3.

Left Alive

Left Alive é uma das novas propriedades intelectuais Japonesas que a Square Enix tem nas mãos e apesar de ter sido revelado no Tokyo Game Show 2017 em Setembro, ainda sabemos pouco dela. Toshifumi Nabeshima, conhecido pelo seu trabalho na série Front Mission, lidera a equipa de desenvolvimento e imaginou este jogo que é descrito como um shooter inserido nesse mesmo universo.
Left Alive está previsto para este ano fiscal na PS4 e PC, sendo um forte candidato a uma apresentação gameplay na E3 2018. A presença de Yoji Shinkawa, ilustrador na série Metal Gear Solid e Zone of the Enders, promete tornar os materiais promocionais incríveis. Se Left Alive quiser cumprir com a sua missão - um novo AAA de ambição global desenvolvido no Japão, terá de marcar presença na E3.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...