News

The Last of Us: Part 2 não será completamente linear

Naughty Dog confirma liberdade para tomar decisões. The Last of Us: Part 2 não será um jogo em mundo aberto em que poderás explorar liv...

Naughty Dog confirma liberdade para tomar decisões.

The Last of Us: Part 2 não será um jogo em mundo aberto em que poderás explorar livremente o horizonte, no entanto, também não será um jogo completamente linear em que não tens a oportunidade de tomar qualquer decisão.
A própria Naughty Dog confirmou-nos isto na E3 2018, depois de uma sessão privada em que assistimos novamente à demonstração gameplay de The Last of Us: Part 2, a mesma que tiveste a oportunidade de assistir durante a conferência da PlayStation na E3 2018.

O facto de assistirmos à mesma demo duas vezes, em que não houve qualquer alteração na gameplay, levou-nos a questionar a quantidade de liberdade existente no jogo. A resposta da Naughty Dog foi que tudo aquilo que tivemos a oportunidade de ver era gameplay, mas coreografado, descrevendo a experiência como "linearidade alargada".
Quanto aos limites da liberdade, ficamos curiosos se, no final da demonstração, o jogador será obrigado a matar aquele inimigo que fica de joelhos perante Ellie. A Naughty Dog afirmou que não, na versão final não terás que executar aquela personagem.
O estúdio explicou que as decisões vão depender dos momentos. Haverá situações em que terás poder de decisão e poderás até ignorar inimigos, enquanto noutras situações terás mesmo que jogar da forma que a Naughty Dog idealizou.
The Last of Us: Part 2 está em desenvolvimento para a PlayStation 4, mas ainda não tem data de lançamento definida.
(Nota: a notícia não tem exatamente as palavras ditas pela Naughty Dog devido a uma restrição que impedia a gravação de vídeo e de áudio da sessão privada.)

Fonte: Eurogamer

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...