News

Playtonic nega ter sido adquirida pela Microsoft

A Playtonic Games foi fundada em 2014 e é composta, na sua grande maioria, por ex-funcionários da Rare Studios, que se dedicaram a criar ex...

A Playtonic Games foi fundada em 2014 e é composta, na sua grande maioria, por ex-funcionários da Rare Studios, que se dedicaram a criar experiências capazes de homenagear os jogos de plataformas dos anos 90.

Na tentativa de criar um sucessor espiritual para Banjo-Kazooie, a Playtonic trabalhou três anos num jogo que viria a ser apresentado em 2017 e conhecido como Yooka-Laylee.
Em 2019, apresentou Yooka-Laylee and the Impossible Lair, uma sequela 2.5D do seu primeiro jogo, e está agora a preparar o seu futuro, que segundo os mais recentes rumores, envolve uma aquisição por parte da Microsoft e o desenvolvimento de um novo Banjo, algo que encaixaria muito bem como um anúncio na X019 em Londres.
No entanto, a Playtonic decidiu deixar uma mensagem no Twitter, na qual comunica que permanece um estúdio independente e que não está a trabalhar num novo título nessa aclamada série.
"Queremos abordar a especulação na qual somos actualmente mencionados. Detestamos ser os emissários de notícias que não queres ouvir, mas pensamos que é melhor dizer publicamente que não estamos a trabalhar num novo jogo Banjo-Kazooie e permanecemos um estúdio independente."
"Adoraríamos trabalhar novamente com o urso e o pássaro, mas a decisão não é nossa," acrescentou a Playtonic.
O estúdio Britânico diz que continuará a trabalhar para evoluir e apresentar novos jogos entusiasmantes, mas sente que precisava abordar directamente este assunto.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...