News

DFC diz que a Microsoft matou a Xbox One Slim à nascença

A DFC, companhia de análise, acredita que a Microsoft matou a Xbox One Slim à nascença com a apresentação da Xbox Project Scorpio e que p...

A DFC, companhia de análise, acredita que a Microsoft matou a Xbox One Slim à nascença com a apresentação da Xbox Project Scorpio e que possíveis interessados na compra da consola, vão antes esperar pelo modelo mais poderoso.

Numa reunião com investidores após a E3 2016, a DFC disse que, "Se existissem muitos consumidores com uma Xbox 360, Wii U ou até mesmo uma PlayStation 4 interessados em comprar uma Xbox One este Natal, foi-lhes dito para esperarem pela chegada da Scorpio em 2017. A Microsoft terá que desejar que o interesse pela Project Scorpio desapareça rapidamente mas com a sua revelação isso é pouco provável."

"Existem todo o tipo de problemas com as mensagens confusas da Microsoft. O preço da Xbox One original é fantástico, e a Slim é espetacular, mas os jogos importantes estarão no PC, por isso porquê investir num console? Atualiza o teu PC. E se quiseres um console porquê comprar agora se a Scorpio chegará mais tarde. Tudo isto afeta as vendas da nova consola e abre as portas para a Sony e até para a Nintendo com a NX."

A DFC diz que a Sony enfrenta um problema similar com a Neo mas ao contrário da Microsoft, não vai desperdiçar dinheiro com um modelo Slim para mais tarde apresentar uma versão mais poderosa.

"O maior problema é se a Microsoft terá sequer uma divisão de videojogos quando a Project Scorpio foi lançada. Não é nenhuma ironia que os eventos da E3 decorreram no mesmo EXATO momento em que o CEO da Microsoft, Satya Nadella, anunciava a aquisição do LinkedIn por $26 mil milhões."

"A questão parece ser quando é que a Microsoft vai sair da indústria dos videojogos, e não se vai. Claro, isso levanta outras questões tais como é que essa saída será feia? Será a Xbox vendida? Irá a Microsoft encontrar compradora? Ou será que a equipa encerra a divisão Xbox? A DFC acredita que a última opção não irá acontecer mas algo precisa ser feito."

Para a DFC, a divisão PlayStation tornou-se numa das linhas de produto mais bem sucedidas da Sony e é das que mais lucro gera. O facto de kaz Hirai, ex-responsável pela PlayStation, controlar agora toda a Sony é um indicador do seu sucesso. Pelo outro lado, a divisão Xbox continua a ser o patinho feio da Microsoft que está a ser forçada a integrar-se na estratégia da companhia para o seu sistema operativo.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...