News

Jack Tretton diz que é bom para todos a boa prestação da Microsoft

Na mesma entrevista com o IGN em que falou do preço da PlayStation 3 e de outros assuntos do tempo em que foi presidente da SCE America, Ja...

Na mesma entrevista com o IGN em que falou do preço da PlayStation 3 e de outros assuntos do tempo em que foi presidente da SCE America, Jack Tretton falou sobre a Microsoft e como é importante para toda a indústria que tenha recuperado.



"Penso que o melhor daquele anúncio em Fevereiro de 2013 foi que retirou muito do caminho para nos focarmos unicamente na estratégia e como a promover com a E3. A E3 2013 correu muito bem, penso que os desafios da Microsoft na forma como apresentaram a caixa foram bem documentados, mas...sempre acreditei que é muito difícil para uma plataforma carregar uma geração e precisas de uma indústria saudável," disse Tretton.

"É bom para os jogadores, é bom para a indústria e muito francamente, é provavelmente bom para a Sony que a Microsoft tenha recuperado bem e ambas as plataformas estejam a inovar. Será interessante ver o que a nova aposta da Nintendo faz, mas sabes, se não apresentares muita escolha e muita inovação, os jogadores vão passar o seu tempo com outra coisa."

Sobre o passado, Tretton diz que só uma pessoa altamente ignorante seria incapaz de respeitar o poder da Microsoft. "Mais dinheiro do que Deus, tal como a Sony tinha uma herança de sucesso em outras indústrias. Se a Microsoft se decidir focar numa coisa e colocarem dinheiro suficiente para a apoiar, eles vão aprender."

"A Sony procurou pessoas na indústria dos jogos que a podiam ajudar no caminho (especialmente em mercados como a Europa e Estados Unidos, penso que no Japão utilizaram mais o conhecimento interno), mas a Microsoft manteve-se pelo facto de 'nós vamos aprender isto, do zero, e podemos cometer erros mas iremos fazer isto de forma orgânica'."

Tretton diz que o fizeram e perderam imenso dinheiro, mas quando apresentaram a Xbox 360 demonstraram claramente que aprenderam muito e bem, nunca desistindo de seguir em frente e ir mais além.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...