News

Sony vai "atacar" o setor mobile

Segundo avançado pelo Financial Times, recentes sucessos no sector mobile, como Pokémon Go, incentivaram a Sony a "atacar agressivam...



Segundo avançado pelo Financial Times, recentes sucessos no sector mobile, como Pokémon Go, incentivaram a Sony a "atacar agressivamente" os videojogos mobile.

"Os jogos mobile é algo no qual vamos entrar de forma agressiva. É uma grande mudança do foco exclusivo nas consolas para também estarmos nos smartphones," disse Kazuo Hirai, Presidente da Sony, ao Financial Times durante o evento IFA na Alemanha. "Pokémon Go mudou as coisas. Estou muito impressionado com o facto de ter potencial para mudar mesmo a forma como as pessoas se movem."

Hirai acredita que o uso da realidade aumentada para colocar, através do ecrã do smartphone, estas criaturas no mundo real é uma ideia inovadora que vai mudar a indústria, algo que gostaria de fazer para as suas séries. Apesar de a Sony e a Nintendo se terem mantido afastadas do sector mobile durante muito tempo, Pokémon Go parece ter vindo provar que não mais podem continuar a ignorar o potencial deste formato.

"Os videojogos mobile são uma parte muito importante do mercado Japonês e assim sendo, criámos uma nova subsidiária completamente dedicada ao mobile. Vão começar a apresentar títulos," disse Hirai.

Vários analistas, como Jack Kent da IHS Markit, falaram ao Financial Times sobre esta mudança de posição e concordam com Hirai, não mais é possível para a Sony continuar a ignorar o mercado mobile.

"Têm revelado interesse há cinco ou seis anos mas não fizeram bem as coisas. A estratégia era vender mais portáteis ou consolas, ao invés de fazer dinheiro com os jogos."

Com a nova PlayStation 4 Slim e a PlayStation 4 Neo, a Sony mostra o seu total compromisso com as consolas caseiras, aproveitando o sucesso do actual modelo, mas vai agora centrar-se de igual forma no mobile para procurar obter os lucros que os jogadores Japoneses tão dispostos estão em dar.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...