News

Para Michael Pachter os consoles morrerão em 2020

O famoso analista da indústria dos videojogos, Michael Pachter, voltou a fornecer as suas previsões sobre aquilo que será o futuro do sec...

O famoso analista da indústria dos videojogos, Michael Pachter, voltou a fornecer as suas previsões sobre aquilo que será o futuro do sector nos próximos anos e não augura nada de bom para as consolas, pelo menos no seu conceito tradicional. Na sua opinião, as consolas estão a dar os seus últimos passos.

Segundo Pachter, os avanços em campos como a nuvem, o streaming e a redução de hardware, que agora é capaz de oferecer potência dentro do tamanho de um telemóvel ou um tablet, são aspectos fundamentais que determinarão a evolução dos consoles.

"O software para consoles vai deixar de sê-lo nos próximos dois a três anos. Vais ter a oportunidade de descarregá-lo no teu PC e jogá-lo no teu televisor, e nos próximos dez anos até poderás descarregá-lo no teu telemóvel e jogá-lo na TV," disse ele.

Para o analista o próximo passo das principais fabricantes de consolas é adaptar os seus produtos a estas novas tendências, algo que já estamos a ver com serviços como o PlayStation Now criado pela Sony para dispositivos PlayStation e até televisores.

Seja como for, se as previsões forem acertadas, até 2020 ainda temos tempo para usufruir do formato tradicional das consolas, entre elas a próxima Xbox Scorpio e a já presente Nintendo Switch, que segundo Pachter venderá mais do que a nova consola da Microsoft.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...