News

Diretor de Final Fantasy 7 Remake explica o anúncio antecipado

Se olharmos para os grandes títulos recentes do género RPG da Square Enix, começamos a estabelecer um padrão: a grande maioria teve um anún...

Se olharmos para os grandes títulos recentes do género RPG da Square Enix, começamos a estabelecer um padrão: a grande maioria teve um anúncio precoce, resultando em anos de espera e de ansiedade para os fãs. Foi assim com Final Fantasy 15 (originalmente chamado de Final Fantasy Versus 13) e o mesmo aconteceu com Kingdom Hearts 3 e Final Fantasy 7 Remake.

Tetsuya Nomura, o diretor de Kingdom Hearts 3 e Final Fantasy 7 Remake (e que desempenhava o mesmo papel em Final Fantasy Versus 13) explicou numa entrevista com o Multiplayer o motivo para os anúncios precoces da Square Enix, fazendo alusão à possibilidade de fugas de informação e consequentemente de divulgação de informações falsas que geram expectativas erradas entre os fãs.
"Anunciar um jogo para o público é sempre uma decisão difícil. Compreendo porque razão algumas companhias esperam o máximo, acho que é algo positivo. Mas no nosso caso, temos muita pressão dos fãs, mesmo quando não temos nada para anunciar. Estão sempre a perguntar se estamos a trabalhar naquilo, ou porque não estamos a fazer um novo jogo de uma série," desabafou Nomura.
O diretor diz que mesmo depois de já terem anunciado o jogo, as perguntas dos fãs não param, com pedidos constantes para a divulgação de um novo trailer e da data de lançamento. Devido à ansiedade por novas informações, e também devido à quantidade de rumores e de fugas de informação que existem hoje na indústria, a Square Enix prefere anunciar os jogos mais cedo.
"Honestamente, prefiro que sermos nós a revelar oficialmente os nossos jogos em vez de uma fuga de informação ou rumor. Especialmente quando parte do desenvolvimento é feito por empresas terceiras, havendo o risco das pessoas fora da equipe espalharem informações e imagens na Internet. É ainda pior quando durante o desenvolvimento um rumor se torna num fato."
Com o remake de Final Fantasy 7 foi isto que aconteceu. Já estava a correr a palavra de que a Square Enix estava a trabalhar no jogo e a equipe decidiu não mantê-lo em segredo durante mais tempo. O remake foi anunciado na conferência da PlayStation na E3 de 2015, mas desde então que muito foi divulgado. Não é de admirar, neste momento Nomura está ocupado com Kingdom Hearts 3, que será lançado finalmente em Janeiro de 2019.

3 comentários:

  1. FFVII é game da next gen?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do jeito que vai a situação é muito provável que sim.

      Excluir
    2. Cara se um game velho como este for anunciado para ser lançado apenas na next gen então a SE esta desesperada. É a 1ª vez que presencio uma empresa dar tanta ênfase em um produto ultrapassado que apenas é otimizado para os gráficos e jogabilidade da atual geração. Promete além de tudo ser um dos remakes mais caros da história do videogame. FFXVI ficou na gaveta, prefiro um game baseado na Agni's do que este remake.

      Excluir

Nos deixe saber sua opinião...