News

Final Fantasy XV perde seu diretor e tem conteúdos adicionais cancelados

No dia da comemoração do aniversário de dois anos de Final Fantasy XV, a Square Enix realizou uma transmissão para falar do futuro do jogo ...

No dia da comemoração do aniversário de dois anos de Final Fantasy XV, a Square Enix realizou uma transmissão para falar do futuro do jogo e do que estão preparando para ele. Anteriormente, o estúdio já havia anunciado uma série de conteúdos adicionais que iriam chegar ao jogo em 2019 e que expandiriam o seu universo, mas nem tudo deu certo durante esse tempo e quase tudo foi cancelado.

A primeira notícia dada foi que o diretor de Final Fantasy XV, Hajime Tabata, não faz mais parte da empresa. Ele agradeceu por todo esse tempo na Square Enix e o carinho dos fãs. Dito isto, os episódios Aranea, Lunafreya e Noctis foram cancelados e apenas o Episódio Ardyn será lançado.



Esse conteúdo coloca os jogadores na pele do vilão de Final Fantasy XV onde aprenderão mais sobre o passado dele em uma história de morte e restauração. Episódio Ardyn tem previsão de lançamento para março de 2019.

Uma notícia bem triste para os jogadores que buscavam por mais detalhes sobre a história de Final Fantasy XV, pois esses conteúdos adicionais prometiam fechar as diversas brechas narrativas encontradas no jogo. Vamos torcer para que o Episódio Ardyn seja uma despedida incrível dessa história.

Por fim, a Square Enix revelou os seus resultados financeiros, e reconheceu que perdeu US$ 33 milhões. Ou seja, as coisas não estão boas para o lado do estúdio.

Fonte: Xbox Power

2 comentários:

  1. Merecida e tomara que esta crise financeira da Square Enix piore muito até levá-la a falência.
    Estou cansado da empresa transformar seus jogos em hack and slash, abandonar o seguimento tradicional dos rpgs de turno que possuem um roteiro mais envolvente e personagens carismáticos e dar um tiro nos pés com games de pancadaria que não é preciso tanta estratégia para derrotar inimigos poderosos e sim paciência.
    Inimigos com HP colossal e fáceis de lidar é ridículo.
    Final Fantasy XV é um fracasso total, as 4 novas expansões não fedem nem cheiram, o rpg não tem prestígio logo não há necessidade e razões para investir nestas expansões.
    A Square Enix conseguiu até arruinar o último rpg de turnos, World of Final Fantasy que também esta para receber uma expansão tardia após 3 anos do lançamento do jogo.
    Não venderá bem nem com atualização.

    Após o fracasso de Versus XIII e aquele hype exagerado de mais de 10 anos num produto que nunca existiu, a Square Enix quer que os fãs continuem babando pelo seu trabalho?

    To fora, se uma CD Projekt, Bethesda, Blizzard, Capcom, Namco da vida oferecerem games tradicionais que não sofreram alterações na mecânica e no estilo para se adaptar aos tempos atuais, prefiro ser consumidor fiel dos produtos destas empresas do que arriscar do meu bolso para investir em games que não tem tradição da Square Enix, e por falar, Final Fantasy perdeu a tradição há mais de uma década. Querem razões mais aparentes para os fãs de longa data terem desistido da Square Enix?

    A empresa tem flutuado entre a 7ª e 8ª geração experimentando novas IPs que não rendem lucro estimado e deixam a empresa sempre no vermelho. A Square Enix segue o rumo de muitas empresas de jogos falidas no PC, que investem em belos gráficos mas não tem tradição alguma ou não mantem a tradição nas franquias de maior sucesso.

    O elogio de Sakaguchi em FF XV há 3 anos soou mais como deboche, sarcasmo.

    ResponderExcluir
  2. Estou curioso para ver quantas gerações a Square Enix levará até declarar falência.

    É surpreendente que após 18 anos de existência ela tenha transformado a franquia Final Fantasy em lixo absoluto. Antigamente Final Fantasy era aclamado por estúdios rivais que se baseavam no game para desenvolver rpgs similares. Hoje Final Fantasy já esta no esquecimento e apenas vive por conta dos milhões de fãs das antigas que amam a franquia por conta da nostalgia e do belo trabalho de arte. O sistema de batalha e o enredo que antigamente eram referência, não atraem olhares.

    A essência que mantinha a franquia Final Fantasy no topo como referência em jrpgs acabou há mais de uma década e até hoje a Square Enix tenta reverter esta situação com versões de Final Fantasy que ela mesma sabe que não agrada aos fãs de longa data e só atraem fanáticos por games de ação e pancadaria. Até mataram algo primordial da franquia, a estratégia.

    ResponderExcluir

Nos deixe saber sua opinião...