News

Kena chegará em Agosto à PS5, PS4 e PC

  Kena: Bridge of Spirits já tem data de lançamento. Durante a State of Play que ainda está a decorrer, foi apresentado um novo trailer dest...

 Kena: Bridge of Spirits já tem data de lançamento.



Durante a State of Play que ainda está a decorrer, foi apresentado um novo trailer deste promissor indie e confirmada a data de lançamento para um dos mais cobiçados jogos revelados para os consoles da Sony.

Kena será lançado como um jogo de preço reduzido, custará 39.99 euros, mas poderás comprar uma edição Deluxe que inclui diversos extras e custa 49.99 euros.

Kena: Bridge of Spirits chegará a 24 de Agosto de 2021 à PS5, PS4 e PC.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Versão PS5 de Oddworld Soulstorm será oferta do PS Plus em Abril

Já sabemos qual será uma das ofertas do PlayStation Plus em Abril. Foi anunciado no State of Play desta noite que Oddworld: Soulstorm será o...

Já sabemos qual será uma das ofertas do PlayStation Plus em Abril.

Foi anunciado no State of Play desta noite que Oddworld: Soulstorm será oferecido para a PlayStation 5 nas ofertas do PlayStation Plus. O jogo será lançado a 6 de Abril, também para PS4 e PC.

Oddworld: Soulstorm é uma reinterpretação da história de Oddworld: Abe's Exoddus, lançado em 1998. Para além dos visuais muito melhores, o estúdio aproveitou para adicionar novos elementos à história.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Produtor de Bloodborne deixa a PlayStation Japan Studios

  A Sony Interactive Entertainment Japan Studio vai perder mais um dos seus maiores criativos. Será no final de Fevereiro que Masaaki Yamagi...

 A Sony Interactive Entertainment Japan Studio vai perder mais um dos seus maiores criativos.

Será no final de Fevereiro que Masaaki Yamagiwa, produtor em Bloodborne, Deracine e Tokyo Jungle, sairá da divisão japonesa de videojogos da Sony, mas promete continuar a desenvolver jogos.



"Deixar a Sony Interactive Entertainment no final deste mês," disse Yamagiwa numa mensagem no Twitter.

"Continuarei a trabalhar muito para criar jogos. Muito obrigado a todos."

Yamagiwa não compartilhou mais detalhes do seu futuro e se vai ingressar num estúdio já estabelecido ou se, tal como alguns dos seus colegas, pretende criar o seu próprio espaço.

O que sabemos é que esta é apenas a mais recente saída de alto perfil da SIE Japan Studios, que já perdeu Teruyuki Toriyama (produtor em Bloodborne, Demon's Souls remake e Soul Sacrifice), Keiichiro Toyama (criador de Silent Hill, Siren e Gravity Rush), Kazunobu Sato e Junya Okura.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 muda desenvolvedores e é adiado

 O desenvolvimento conturbado de Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 será reiniciado em um novo estúdio e o lançamento do jogo não aconte...

 O desenvolvimento conturbado de Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 será reiniciado em um novo estúdio e o lançamento do jogo não acontecerá mais em 2021, de acordo com a editora Paradox Interactive.




O desenvolvimento de Bloodlines 2 foi retirado do estúdio Hardsuit Labs após uma interrupção causada pela pandemia da Covid-19 e mudanças internas na equipe de desenvolvimento. Em agosto, o designer de narrativa Brian Mitsoda disse que havia sido “demitido repentinamente”. Para seu lugar, o Hardsuit Labs havia trazido o veterano Alexandre Mandrykahas, ex-Relic Entertainment e Ubisoft.

“Também decidimos que o Hardsuit Labs não estará mais liderando o desenvolvimento de Bloodlines 2, e começamos uma colaboração com um novo estúdio parceiro para terminar o trabalho no jogo”, informou a Paradox em um comunicado.


“Esta foi uma decisão difícil, mas estamos convencidos de que é o caminho certo para fazer justiça ao jogo”.


A editora não sabe agora quando Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 será lançado e, portanto, interrompeu a pré-venda do jogo até uma nova previsão de lançamento seja anunciada.


“Este jogo é muito importante para nós e tem sido um projeto ambicioso desde o início. A fim de cumprir nossos objetivos, chegamos à conclusão de que uma mudança é necessária e, como resultado, mais tempo de desenvolvimento é necessário”.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Designer do novo Perfect Dark deixa equipe do Xbox e volta para a Sony

 O designer Drew Murray, que até recentemente era o designer mais sênior do novo estúdio The Initiative, onde está sendo feito o novo Perfec...

 O designer Drew Murray, que até recentemente era o designer mais sênior do novo estúdio The Initiative, onde está sendo feito o novo Perfect Dark para Xbox, anunciou que está voltando ao time da Sony no Insomniac Games. Murray foi co-fundador do The Initiative, um estúdio adquirido pela Microsoft logo após sua fundação em 2018.… 






O designer Drew Murray, que até recentemente era o designer mais sênior do novo estúdio The Initiative, onde está sendo feito o novo Perfect Dark para Xbox, anunciou que está voltando ao time da Sony no Insomniac Games.

Murray foi co-fundador do The Initiative, um estúdio adquirido pela Microsoft logo após sua fundação em 2018. Antes desta empreitada, ele passou 10 anos no Insomniac Games, onde trabalhou como designer nas séries Resistance e Ratchet & Clank, e principalmente como diretor de Sunset Overdrive, um exclusivo do Xbox One lançado em 2014.

Há três semanas, o designer anunciou que estava deixando o estúdio responsável pelo novo Perfect Dark por motivos pessoais, alegando precisar de mais tempo para se dedicar à vida fora do trabalho.

Murray está voltando ao Insomniac no papel de designer principal. O estúdio hoje é propriedade da Sony e seus últimos projetos foram jogos nas séries Marvel’s Spider-Man e Ratchet & Clank para o PS5.

Anunciando sua saída da Iniciativa, Murray disse: “Foi extraordinário trabalhar ombro a ombro com uma equipe tão talentosa e experiente, muitos dos quais são grandes amigos agora. O mistério cercava o projeto quando eu entrei no estúdio – eu não sabia que tipo de jogo era, não sabia que seria Perfect Dark e não conhecia ninguém na equipe”.

“Dois anos depois, anunciamos a franquia com um trailer que ainda me dá arrepios. Mais importante ainda, a equipe tem a visão e o talento para levar o jogo e a franquia ao limite”.

“Estou animado por me reunir com muitos amigos e ex-colegas da @insomniacgames como Designer Principal. Isso me leva ao meu sétimo cargo; agora só preciso trabalhar alguns dias e fazer alguns jogos, certo?”

A Insomniac está trabalhando atualmente em Ratchet & Clank: Rift Apart, que será lançado para PlayStation 5 em 11 de junho de 2021. Já o The Initiative segue trabalhando no novo Perfect Dark para Xbox Series X|S, que ainda não tem previsão de lançamento.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Xbox Live Gold - Microsoft anuncia os jogos gratuitos de Março

A Microsoft anunciou os jogos gratuitos de março de 2021 para os assinantes do Xbox Live Gold. A seleção é, mais uma vez, bastante modesta e...



A Microsoft anunciou os jogos gratuitos de março de 2021 para os assinantes do Xbox Live Gold. A seleção é, mais uma vez, bastante modesta e deixa dúvidas sobre a proposta de valor do serviço ante o Xbox Game Pass.

No Xbox One e no Xbox Series X|S, os regalos do mês são Warface: Breakout e Vicious Attack Llama Apocalypse. Para o Xbox 360 e os consoles mais novos compatíveis os dois jogos de março são Metal Slug 3 e Port Royale 3.

Como sempre, a disponibilidade dos jogos irá variar

Xbox X|S e Xbox One
Warface: Breakout (1 a 31 de março)
Vicious Attack Llama Apocalypse (16 de março a 15 de abril)

Xbox 360
Metal Slug 3 (1 a 15 de março)
Port Royale 3 (16 a 31 de março)


Apesar de fraca em sua oferta de jogos gratuitos, a Xbox Live Gold deve continuar ativa principalmente para atender àqueles que só querem jogar online no Xbox. Apesar disso, jogos online gratuitos como Warzone e Fortnite poderão em breve ser jogados sem a necessidade de uma assinatura Gold.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Returnal para PS5 tem novo trailer com dublagem em pt-br

A Sony divulgou um novo trailer de Returnal, o exclusivo do PlayStation 5 que será lançado no final de abril. O trailer, que traz pela prime...




A Sony divulgou um novo trailer de Returnal, o exclusivo do PlayStation 5 que será lançado no final de abril.


O trailer, que traz pela primeira vez uma amostra da dublagem em português do Brasil, mostra os cenários do planeta misterioso onde a astronauta Selene entra em um loop de acordar e morrer seguidas vezes.


“Após o pouso forçado neste mundo que muda de forma, Selene deve pesquisar a paisagem árida de uma antiga civilização para escapar. Isolada e solitária, ela se vê lutando com unhas e dentes pela sua sobrevivência. Repetidas vezes ela é derrotada – forçada a reiniciar sua jornada sempre que morre”, diz a sinopse.


“Por meio de um jogo implacável de RPG tipo masmorra, você descobrirá que, assim como o planeta muda a cada ciclo, os itens à sua disposição também mudam. Cada loop oferece novas combinações, forçando você a ultrapassar seus limites e a combater com uma estratégia diferente.


Trazida à vida por efeitos visuais incríveis, a beleza sombria do mundo decadente ao seu redor está repleta de surpresas explosivas. Com combates de alto risco e com munição de bala, reviravoltas viscerais em ambientes rígidos e contrastantes. Você vai explorar, descobrir e lutar em uma jornada implacável, onde o mistério espreita todos os seus movimentos.


Projetado para extrema receptibilidade, o mundo processual de Returnal convida você a tirar a poeira da derrota e enfrentar novos desafios em evolução a cada renascimento”.


0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Anunciado - State of Play | Será dia 25 de Fevereiro

 Nesta quinta-feira, State of Play oferecerá novas atualizações e análises profundas para 10 jogos que chegarão ao PS4 e PS5. O show está ma...

 Nesta quinta-feira, State of Play oferecerá novas atualizações e análises profundas para 10 jogos que chegarão ao PS4 e PS5. O show está marcando 30 minutos ou mais, mais ou menos.



State of Play está de volta! Confira todas as atualizações e novidades dos jogos de PS4 e PS5 que estão por vir.

É hora de mais um State of Play! Nesta quinta, uma transmissão do State of Play mostrará notícias e análises aprofundadas sobre 10 jogos que virão para PS4 e PS5, incluindo novos anúncios de games e atualizações sobre alguns dos títulos indie que vimos no PS5 Showcase de junho. 

A apresentação vai durar cerca de 30 minutos. Não vemos a hora de saber o que vocês acharam! E uma informação rápida: esta apresentação não terá notícias sobre hardware PlayStation. Vamos focar nos incríveis games que serão lançados nos próximos meses. 

Assista ao vivo na quinta-feira, 25 de fevereiro, às 19h BRT, no Twitch e YouTube.

Nos vemos na quinta! 

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Horizon Forbidden West chega no final de 2021

  Horizon Forbidden West foi confirmado que será lançado ainda este ano, mais concretamente no final de 2021. Esta informação,   obrigado Wc...

 Horizon Forbidden West foi confirmado que será lançado ainda este ano, mais concretamente no final de 2021.




Esta informação,
 obrigado Wccftech, foi recolhida numa entrevista da Famitsu a Jim Ryan, patrão da PlayStation, onde este afirma que a sequencia de Horizon: Zero Dawn vai mesmo ser lançada este ano.

O mesmo não se pode dizer sobre God of War Ragnarok, que ficou completamente esquecido nesta entrevista, onde Ryan nunca menciona o jogo, mesmo quando lhe é perguntado sobre a lista de jogos para o PlayStation 5, onde na sua resposta refere diversas vezes Horizon Forbidden West.

Claro que é apenas especulação, mas dá entender que God of War Ragnarok não fará parte do leque de jogos para este ano, ou pelo menos está em dúvida, e juntar-se-ia a Gran Turismo 7 que já foi adiado para 2022.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Final Fantasy 16 terá um forte foco na ação

A Square Enix anunciou Final Fantasy 16 para o PlayStation 5 e deixou os fãs entusiasmados, que podem contar com um jogo altamente focado na...

A Square Enix anunciou Final Fantasy 16 para o PlayStation 5 e deixou os fãs entusiasmados, que podem contar com um jogo altamente focado na ação, mesmo que a equipa esteja a dedicar imenso esforço à narrativa.



Numa recente entrevista com uma rádio japonesa, agradecimentos ao Gematsu por confirmar a informação, Naoki Yoshida, produtor de Final Fantasy 16 e conhecido como o homem que salvo um dos maiores MMORPGs da atualidade, revelou alguns detalhes sobre o jogo e o que podemos esperar dele.

Se Final Fantasy 15 aposto num sistema de combate focado na ação e livre, Final Fantasy 16 parece pronto para seguir uma rota similar e Yoshida diz mesmo que "será altamente orientado para a ação," mas é um jogo que terá uma história pelo meio dessa ação. Bom saber!

Uma vez que existem fãs da série que não gostam muito de jogos de ação, a equipa de Yoshida está a preparar um modo para quem deseja descobrir Final Fantasy 16 apenas pela história, um modo que usará as opções de suporte do sistema de combate para tornar a experiência fácil. Yoshida diz mesmo que os jogadores que não são bons nos jogos de ação não precisam ter medo.

Yoshida diz que joga Final Fantasy desde o primeiro jogo e agora tem quase 50 anos, ao longo dos anos descobriu diversos mundos que influenciaram os personagens e quer que Final Fantasy 16 seja um jogo capaz de apaixonar os que sabem a realidade do bom e mau. Segundo descreve, existem dificuldades na vida experiências quando nos tornamos adultos e esse será um dos temas do jogo.

"Quero criar o tema principal deste jogo algo que os que cresceram com Final Fantasy e compreendem a realidade se possam divertir, tirar algo dele e pensar sobre isso," diz Yoshida.

Final Fantasy 16 está em desenvolvimento para o PlayStation 5.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

É oficial, a EA acaba de comprar a Codemasters

  Já é oficial, a EA acaba concluir a compra da Codemasters, fazendo esta agora parte da família EA, por uns modestos 1,2 mil milhões de dól...

 Já é oficial, a EA acaba concluir a compra da Codemasters, fazendo esta agora parte da família EA, por uns modestos 1,2 mil milhões de dólares. Esta aquisição mereceu uma comunicação através do Twiiter da EA, onde podemos ler, "estamos entusiasmados por acolher a Codemasters para a família EA".



Numa conferência de imprensa, Andrew Wilson, CEO da Electronic Arts, referiu que "este é o início de uma nova era emocionante de jogos de corrida e conteúdos, ao reunir uma equipe talentosa da Electronic Arts e Codemasters. A nossa equipa será uma potência global de entretenimento de corridas com grandes jogos para jogadores em todas as plataformas, e mal podemos esperar para começar".

O CEO da Codemasters, Frank Sagnier, também proferiu umas palavras sobre a aquisição, dizendo que "hoje é um marco na história da Codemasters e um dia excitante para funcionários e jogadores. A parceria com a EA permitirá à equipa levar a aclamada franquia a novos patamares e atingir um enorme número de espectadores em todo o mundo através da sua rede de jogadores. Juntos, reemergir o cenário do jogo de corridas. É possível definir e criar uma experiência ainda mais envolvente para os fãs das corridas de todo o mundo".


Este era um desfecho já previsto, pois o namoro entre as duas empresas já há muito que era do conhecimento de todos. Apesar da Take-Two Interactive também ter estado na corrida, a EA foi a que reuniu a melhor oferta, diga-se mais dinheiro.

Só para relembrar, esta aquisição vai juntar franquias como Need for Speed e Burnout, a jogos como DiRT, a série anual F1, WRC após a aquisição por parte da Codemasters dos direitos do Campeonato Mundial de Ralis da FIA, e não esquecer que Project Cars já é propriedade da Codemasters após esta ter comprado a Slightly Mad Studios.

Avizinha-se um futuro mais sorridente para os jogos de corrida?

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

SQUARE ENIX ANUNCIA NOVO RPG TÁTICO

  A  Square Enix  aproveitou que os holofotes estariam voltados para o Nintendo Direct desta quarta-feira (17) para anunciar que está desenv...

 Square Enix aproveitou que os holofotes estariam voltados para o Nintendo Direct desta quarta-feira (17) para anunciar que está desenvolvendo Project Triangle Strategy, novo RPG tático.

Uma demo do jogo ficará disponível para o Nintendo Switch ainda hoje. O lançamento está previsto para 2022.


O Projeto Estratégia do Triângulo é algo como um sucessor espiritual do Octopath Traveller (que foi chamado de Projeto Octopath Traveller quando revelado pela primeira vez). Como aquele jogo, este novo título usa sprites 2D da velha guarda, mas com efeitos de iluminação extravagantes.
Enquanto Octopath Traveller é um RPG baseado em turnos, Project Triangle Strategy é um RPG tático. Parece um pouco com Final Fantasy Tactics. Além de estratégia, tem o que chama de “escala de convicção” em que suas decisões atuam e afetam a história.


FONTE 1: venturebeat

FONTE 2: Nintendo Direct

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Aquisição da Bethesda por parte da Xbox influenciou a Google a encerrar os estúdios Stadia

 Segundo relatado por diversos funcionários nos estúdios Stadia que a Google vai encerrar, a decisão apanhou-os totalmente desprevenidos por...

 Segundo relatado por diversos funcionários nos estúdios Stadia que a Google vai encerrar, a decisão apanhou-os totalmente desprevenidos porque uma semana antes tinham recebido diversos elogios.



A Google decidiu que não iria desenvolver os seus próprios jogos para apoiar o Stadia, o que surpreendeu o mundo e até os seus trabalhadores, algo que, segundo avançado pelo Kotaku, foi parcialmente influenciado pela aquisição da Bethesda feita pela Microsoft.

De acordo com as informações obtidas pelo Kotaku, que avançou antecipadamente a decisão de encerrar os estúdios Stadia, os funcionários que aceitaram comentar a situação, falam numa mudança completa na postura e de influências externas, que revelam o quão dispendioso é construir um portfólio de estúdios.


As fontes, que preferiram manter o anonimato, alegam que Phil Harrison, gestor do Stadia, elogiou os esforços e progresso feitos pelos estúdios, especialmente durante a pandemia, para na semana seguinte os informar que seriam encerrados. Uma das principais razões é o crescente custo para desenvolver jogos de qualidade e estabelecer propriedades intelectuais.


"Criar do zero jogos da melhor qualidade demora imensos anos e um investimento significativo e os custos estão a crescer exponencialmente," disse Harrison num email enviado aos funcionários e partilhado com o Kotaku.


Numa chamada virtual feita a 4 de Fevereiro, Harrison deu o exemplo da recente aquisição da Microsoft, que investiu 7.5 mil milhões de dólares na ZeniMax para comprar a Bethesda Game Studios, referindo a compra como um dos fatores que demoveu a Google a investir em jogos originais.


A Microsoft investiu agressivamente na compra de estúdios e propriedades intelectuais, para que não seja forçada a criar do zero propriedades cujo sucesso não consegue prever e isso parece ter sido uma dura lição para a Google.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Sony PlayStation Investiu US$ 329 Milhões na criação de exclusivos Second-Party

  Conforme relatado em um post publicado no fórum de jogos ResetEra, parece que a Sony recentemente entrou em acordos particularmente exigen...

 Conforme relatado em um post publicado no fórum de jogos ResetEra, parece que a Sony recentemente entrou em acordos particularmente exigentes com várias empresas terceirizadas para enriquecer o parque de títulos do PlayStation 5 nos próximos anos.



De acordo com as informações divulgadas em seu último relatório financeiro, a Sony Interactive Entertainment LLC chegou a um acordo com várias empresas, das quais não são feitos nomes explícitos, para que desenvolvam videogames para, presumivelmente, publicar em suas plataformas.

O gasto total é particularmente significativo, estamos falando de ¥ 34,360 Milhões, ou US$ 329 Milhões, a serem pagos gradualmente nos próximos 7 anos, de modo que os jogos Second-Party são desenvolvidos em nome da empresa nipo-americana.

"Algumas subsidiárias no segmento de Game & Network Services ("G&NS") assinaram contratos de longo prazo para o desenvolvimento, distribuição e publicação de software de jogos", lemos no relatório.

"Esses contratos cobrem vários períodos, incluindo principalmente sete anos. Em 31 de dezembro de 2020, as subsidiárias se comprometeram a pagar ¥ 34.360 Milhões em conformidade com esses contratos."


Alguns exemplos de produções Second-Party recentes do PlayStation Studios foram Sackboy: A Big Adventure, Destruction All-Stars, Marvel's Spider-Man (antes da aquisição da Insomniac), Bloodborne, Demon's Souls Remake, Death Stranding, e todos os títulos publicados exclusivamente em consoles PlayStation e financiados pela Sony, mas feitos por empresas que não fazem parte de seus estúdios internos.


Por se tratar de um investimento tão importante, é possível que a empresa tenha grandes surpresas para os próximos meses, e já haja hipóteses tentadoras que percorrem as páginas da ResetEra.

Entre os usuários mais esperançosos, há aqueles que acreditam que o número envolve também o muito rumorizado acordo com a Konami para a realização do novo capítulo de Silent Hill a ser publicado exclusivamente no PlayStation 5.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Rumor: Resident Evil Outrage será exclusivo temporário da Nintendo Switch

 Os rumores em torno dos planos da Capcom para os 25 anos da série Resident Evil têm sido certeiros e agora temos mais uma informação não of...

 Os rumores em torno dos planos da Capcom para os 25 anos da série Resident Evil têm sido certeiros e agora temos mais uma informação não oficial que nos fala de um jogo que está pronto para ser anunciado, Resident Evil Outrage.




Outrage é o alegado nome do jogo que durante muito tempo foi pensado como Revelations 3 e de acordo com os novos rumores, será lançado exclusivamente na Nintendo Switch, antes de chegar a outras plataformas.


As novas informações não oficiais, avançadas mais uma vez por Dusk Golem, que confirmou a chegada de uma demo de Village e o estatuto crossgen antes da Capcom o revelar oficialmente, dizem que o jogo será anunciado em 2021 como exclusivo temporário da Switch, com Rebecca Chambers a surgir como a principal protagonista.


Dusk Golem diz que por enquanto, o foco da Capcom estará totalmente em Village, mas no final do ano, Resident Evil Outrage será revelado e a sua escala é superior ao que viste na série Revelations, o que motivou a Capcom a optar por outro nome.


Resident Evil Outrage está em desenvolvimento há 4 anos e conta com um orçamento similar ao de Village, o que lhe permitiu assumir uma escala comparável à de Code Veronica, aclamado título na série que foi pensado como Resident Evil 3, antes de perder o número.


Rebecca será a protagonista, mas pelo menos duas faces conhecidas estarão presentes em alguns momentos do jogo, que está a ser desenvolvido com o RE Engine.


A ideia de uma espécie de Revelations 3 de maior escala é muito promissora e o lançamento como exclusivo temporário da Switch será uma boa forma de compensar a ausência de Village no console.


0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Diretor de Final Fantasy 7 Remake diz que Horizon Zero Dawn foi uma grande inspiração

  Naoki Hamaguchi , diretor na Square Enix e que trabalha atualmente em Final Fantasy 7 Remake Parte 2, confessou que a propriedade Horizon ...

 Naoki Hamaguchi, diretor na Square Enix e que trabalha atualmente em Final Fantasy 7 Remake Parte 2, confessou que a propriedade Horizon da Guerrilla Games é uma forte fonte de inspiração pessoal.




Num novo artigo publicado no PlayStationblog, Hamaguchi falou do seu mais esperado jogo PlayStation para 2021 e mais além, partilhando que Horizon Zero Dawn foi uma grande inspiração e ambiciona criar uma evolução semelhante à que foi prometida para a sequela da Guerrilla.

"Horizon Zero Dawn, o primeiro jogo na série, causou-me um grande impacto, enquanto criador de jogos," diz Hamaguchi.

"Fiquei impressionado com a experiência altamente imersiva providenciada pelos inacreditáveis gráficos e também pelo mundo singular no qual entrei, um futuro no qual a civilização colapsou."

"Da perspetiva que é esperada uma maior evolução para o próximo jogo, esperamos fazer isso da mesma forma em Final Fantasy 7 Remake, do qual sou responsável. Por isso, tenho uma afinidade pessoal por Horizon. Enquanto fã, estou muito ansioso por Horizon: Forbidden West."

Hamaguchi diz assim que Final Fantasy 7 Remake Parte 2 demonstrará uma grande evolução sobre o que foi feito na primeira parte e tendo em conta que visitaremos diversas cidades e passearemos por um mundo aberto, assim é esperado.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Criador de Silent Hill fala do seu novo projeto de terror

  Depois de criar Silent Hill na Konami,   Keiichiro Toyama   passou vários anos a trabalhar na PlayStation Japan e deu ao mundo séries como...

 Depois de criar Silent Hill na Konami, Keiichiro Toyama passou vários anos a trabalhar na PlayStation Japan e deu ao mundo séries como SIREN e Gravity Rush, mas agora está a trabalhar no primeiro jogo do seu próprio estúdio, o Bokeh Game Studio.




Toyama abriu o seu próprio estúdio, no qual conta com anterior talento da PlayStation Japan, para criar os jogos que deseja desenvolver e dar aos seus seguidores algo entusiasmante. O criador japonês tinha prometido compartilhar novidades de forma regular para acompanhares o desenvolvimento do primeiro projeto independente e aqui temos o primeiro passo, um vídeo no qual se apresenta e dá pistas do primeiro jogo.

Sobre o tom do novo jogo, Toyama diz que "sobre o nosso primeiro jogo, tenho múltiplas direções para os meus trabalhos. A que segui é muito sombria, muito distante dos meus jogos mais recentes. É como voltar às minhas raízes, por exemplo, em direção ao terror. As minhas ideias começaram a seguir nessa direção. É para aí que estou a levar o meu primeiro título."

"No entanto, ao invés de algo profundamente enraizado no terror, quero manter um toque de entretenimento. Ao manter os elementos de terror, quero que o jogador se sinta entusiasmado ao jogar o jogo."

Toyama diz que o terror deve ser o quotidiano abalado, "fazer-nos questionar o facto de vivermos pacificamente" e não propriamente mostrar coisas assustadoras. Esse é o tema que quer no novo jogo. Além disto, diz-se inspirado por banda desenhada que leu recentemente e pelo estilo de conteúdo "death game", que adicionam entretenimento a mundos brutais.

"Naturalmente, tomei essa abordagem. Tens pessoas normais levadas para situações irracionais. Emocionalmente, estão no limite, enquanto lidam com ação ou drama. Isto influenciou-me e penso que isso será visível no meu próximo jogo."

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Rumor: Final Fantasy 7 Remake terá port expandido na PS5 e PC

  A   Square Enix   está a preparar mais do que uma mera atualização aos gráficos e performance de   Final Fantasy 7 Remake   para o apresen...

 A Square Enix está a preparar mais do que uma mera atualização aos gráficos e performance de Final Fantasy 7 Remake para o apresentar no PlayStation 5 e PC, de acordo com novas informações não oficiais.

A companhia japonesa ainda não confirmou oficialmente que Final Fantasy 7 Remake chegará a mais plataformas, mas ainda antes do lançamento da versão PS4 informou que a exclusividade duraria um ano. Isto deixa espaço para que seja eventualmente lançado fora das consolas da Sony, mas este novo rumor indica que apenas chegará ao PC e não terá versões Xbox.

No ResetERA, Navtra, que já se tornou numa respeitada fonte de informações não oficiais da Sony, partilhou que o plano da Square Enix é preparar ports expandidos para PS5 e PC de Final Fantasy 7 Remake, agradecimentos ao Wccftech.

"Eis o que ouvi, será lançado para PS5 e PC (sem versão Xbox) e será um pouco mais substancial do que um aumento na resolução. Existem novos conteúdos de história," informa esta fonte não oficial.

"Supostamente, este port ia ser anunciado no evento Future of Gaming juntamente com Athia, XVI e Spider-Man em Avengers. Estes anúncios foram divididos ao longo dos meses e apenas falta este port."

Navtra diz que as coisas podem ter mudado desde que foi informado dos planos da Square Enix, mas sabe que o plano é mesmo preparar uma versão especial para novas plataformas.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

E3 2021 em formato digital é o plano

 A Entertainment Software Association (ESA) vai apostar numa E3 em formato digital, mas apenas se tiver o apoio das principais companhias na...

 A Entertainment Software Association (ESA) vai apostar numa E3 em formato digital, mas apenas se tiver o apoio das principais companhias na indústria dos videojogos.


A Electronic Entertainment Expo é vista ainda como um dos grandes eventos do ano para os amantes de videojogos, mas devido à pandemia COVID-19, o evento de 2020 foi cancelado e não tivemos sequer uma alternativa digital. A ESA optou por se focar nos planos para 2021, prometendo uma versão revigorada da E3 para dinamizar o evento.



Segundo avançado pelo VGC, o plano atual da ESA para a E3 2021 é um evento digital, transmitido para todo o mundo nos dias 15, 16 e 17 de Junho de 2021, com direito a uma abertura especial a 14 de Junho. A ESA quer combinar com as principais companhias a transmissão de apresentações e ainda momentos especiais como demos jogadas através de stream para a imprensa.


A pressão em torno da ESA para reinventar a E3 continua e após as queixas apresentadas no ano passado, antes do evento ser cancelado, deixaram a sua imagem fragilizada. Agora, o plano da companhia é apresentar algo diferente e totalmente digital, pensado para os espectadores espalhados em todo o mundo e capaz de aproximar estúdios e jogadores em grande estilo.


Diversas companhias confirmaram ao VGC que foram contatadas para criar conteúdos especiais para a E3 2021 e trabalham com um evento digital em mente, mas por enquanto ainda não temos nada de concreto para anunciar.


Além disso, Geoff Keiglhey apresentou o seu Summer Game Fest, uma série de transmissões especiais ao longo do Verão e que ainda não está confirmado para este ano.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Sony adquire 1.9% da dona da From Software

 A Kadokawa Corporation, dona da From Software, iniciou uma aliança estratégica com a Sony. No mais recente relatório financeiro, a Kadokawa...

 A Kadokawa Corporation, dona da From Software, iniciou uma aliança estratégica com a Sony.


No mais recente relatório financeiro, a Kadokawa informou os investidores que a Sony é agora dona de 1.93% da empresa e neste negócio também está envolvida a CyberAgent, dona da Cygames, que também se tornou dona de 1.93% da Kadokawa Corporation.


O objetivo ao formar esta parceria é usar o "poder de expansão global da Sony para animação e videojogos", um acordo que vai facilitar a "criação, desenvolvimento e aquisição da novas propriedades intelectuais" com o propósito de maximizar o valor das propriedades que cada companhia já tem.


"Acreditamos que é necessário procurar tais fundos para não perder potenciais oportunidades de investimento e para solidificar a nossa capacidade de criar propriedades intelectuais baseadas no nosso currículo de criar PI ricas e únicas, consistindo num portfólio diverso de livros, filmes animações, jogos e plataformas UGC."


Isto não significa que a From Software comece a trabalhar em exclusivos PlayStation e é um acordo que abrange diversos formatos de entretenimento, mas após mais de 20 anos de uma relação próxima, parece certamente um passo para estreitar ainda mais a relação.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Quantic Dream abre novo estúdio em Montreal

  A Quantic Dream anunciou que vai expandir-se e abrir um segundo estúdio em Montreal, Canadá. Por agora, devido à situação atual, o tele tr...

 A Quantic Dream anunciou que vai expandir-se e abrir um segundo estúdio em Montreal, Canadá.



Por agora, devido à situação atual, o tele trabalho será a norma, mas depois já está garantido um edifício completamente renovado, situado no distrito histórico de Atwater Avenue.

David Cage e Guillaume de Fondaumière continuarão a liderar o estúdio de Paris, enquanto Stéphane D'Astous, o ex-líder da Eidos Montreal, vai assegurar o funcionamento do estúdio canadiense.

Stéphane D'Astous disse que o novo estúdio vai operar "de mãos dadas" com a equipa de paris nos mesmos projectos. Ou seja, os estúdios não vão trabalhar em projectos separados, serão uma força conjunta.

O estúdio de Paris vai concentrar-se na narrativa e design, sendo ajudado pelo estúdio de Montreal na produção das mecânicas e da jogabilidade. "Apenas vamos ter sucesso se trabalharmos como equipa", disse D'Astous.

quantic_dream_montreal
Os escritórios da Quantic Dream em Montreal.
stephane_dastous_quantic_dream_montreal
Stéphane D'Astous, o líder da Quantic Dream Montreal.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

Sony planeja mais aquisições a médio prazo - Com o dinheiro extra que ganhou.

  A   Sony   anunciou que planeia   adquirir mais companhias a médio longo prazo , graças ao dinheiro extra que ganhou nos últimos meses, es...

 A Sony anunciou que planeia adquirir mais companhias a médio longo prazo, graças ao dinheiro extra que ganhou nos últimos meses, especialmente nos últimos 3 meses de 2020.

A PlayStation está em rota para alcançar o seu melhor ano de sempre, neste atual ano fiscal que encerrará a 31 de Março de 2020, com receitas que lhe permitem olhar para parcerias estratégicas e novas aquisições.





No mais recente relatório financeiro (agradecimentos ao pessoal do ResetERA), a Sony anunciou aos seus investidores que o plano é adquirir mais companhias para, a médio prazo, fortalecer as suas diversas divisões e criar oportunidades especiais transversais aos diferentes segmentos.

Após adquirir a Crunchyroll no final de 2020, com o intuito de aproximar videojogos e anime num novo nível, a Sony informou os investidores e analistas que o dinheiro extra que amealhou será usado para investimento estratégico.

"Planejamos utilizar o excesso de dinheiro operacional neste ano fiscal como uma fonte de futuro investimento estratégico," dizem os responsáveis pelo departamento financeiro da Sony.

"Oportunidades para investimento, especialmente no espaço do entretenimento, estão a aumentar de forma estável e durante o período do nosso próximo plano a médio prazo, que começará no próximo ano fiscal, procuramos efetuar mais investimentos para crescer do que fizemos no atual plano a médio prazo."

Ao longo de 2020, a Sony Pictures efetuou diversas aquisições, como a já referida Crunchyroll, enquanto a PlayStation adquiriu em Novembro de 2019 a Insomniac Games. Segundo avançado pela companhia, o plano é aumentar o número de investimentos estratégicos e adquirir mais companhias para os diversos setores de entretenimento.

0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...

PlayStation 5 (PS5) vende 4,5 milhões de unidades em 2020, revela Sony

  O PlayStation 5 ( PS5 ) registrou 4,5 milhões de unidades vendidas em 2020, de acordo com os novos resultados financeiros publicados pela ...

 O PlayStation 5 (PS5) registrou 4,5 milhões de unidades vendidas em 2020, de acordo com os novos resultados financeiros publicados pela Sony nesta quarta-feira (3). Os números, segundo observa o analista Daniel Ahmad, da Niko Partners, se equiparam ao lançamento do PlayStation 4 (PS4) em 2013, que também vendeu 4,5 milhões de unidades no mesmo período.

A estimativa da empresa é que o PS5 venda 7,5 milhões de consoles até o fim deste ano fiscal, que acontece até 31 de março de 2021. Vale lembrar que o novo videogame foi lançado originalmente em 12 de novembro de 2020, mas chegou ao Brasil uma semana mais tarde.




O PlayStation 5 (PS5) chegou ao mercado originalmente em 12 de novembro de 2020 — Foto: Divulgação/PlayStation

O PlayStation 5 (PS5) chegou ao mercado originalmente em 12 de novembro de 2020 — Foto: Divulgação/PlayStation

No campo do software, a performance foi o suficiente para suprir o prejuízo inicial das vendas do novo hardware, que também aconteceu na época do PS4. Os dados apontam que a Sony vendeu 103,2 milhões de jogos em ambos os consoles no último trimestre. Destes, 18,1 milhões foram títulos first-party — ou seja, games exclusivos desenvolvidos pela PlayStation Studios.

Demon's Souls foi uma das principais apostas para o lançamento do PS5 — Foto: Divulgação/PlayStation

Demon's Souls foi uma das principais apostas para o lançamento do PS5 — Foto: Divulgação/PlayStation

Graças a isso, a divisão de jogos da Sony teve o seu melhor resultado em receita, faturando 883,2 bilhões de ienes — equivalente a cerca de R$ 44,97 bilhões. O número é 40% superior à receita do ano anterior e representa um lucro de 80,2 bilhões de ienes — aproximadamente R$ 4,08 bilhões.


Por sua vez, o PS4 alcançou o total de 115,1 milhões de unidades vendidas. Naturalmente, devido à transição de geração, a demanda pelo console diminuiu drasticamente na temporada de fim de ano: apenas 1,4 milhões de PlayStation 4 foram vendidos no último trimestre em comparação aos 6 milhões do ano retrasado.

Outros dados interessantes também foram divulgados, incluindo o total de usuários da PlayStation Network (114 milhões) e de assinantes da PlayStation Plus (47,4 milhões). Apenas no PS5, 87% da base instalada é assinante do serviço. É seguro supor que o desempenho se deve tanto às ofertas mensais de jogos grátis quanto ao catálogo da PlayStation Plus Collection.


0 comentários:

Nos deixe saber sua opinião...